Foto: O programa Green Factory (f brica ecol¢gica) que ‚ aplicado nas unidades da Honda em todo o mundo

Fábrica Honda em Manaus (AM)

Foto: O programa Green Factory (f brica ecol¢gica) que ‚ aplicado nas unidades da Honda em todo o mundo

Foto: O programa Green Factory (f brica ecol¢gica) que ‚ aplicado nas unidades da Honda em todo o mundo

Conhe‡a a linha de montagem da Honda, em Manaus (AM), de onde saem mais de 5.000 motocicletas por dia, somando quase 1,5 milhÆo de motos produzidas neste ano.

O complexo industrial que hoje ocupa um terreno de 661 mil mý com cerca de 200 mil mý de  rea constru¡da no P¢lo Industrial de Manaus (AM) pouco lembra a Honda que ali se instalou h  31 anos – exatamente em 4 de novembro de 1976. Na ‚poca, a marca japonesa produzia cerca de 1.100 unidades por mˆs – atualmente essa quantia nÆo representa nem um quarto do que ‚ fabricado diariamente. Todos os dias cerca de 6.000 motocicletas saem das quatro linhas de montagem – onde sÆo produzidos 14 modelos para o mercado nacional e outros para exporta‡Æo.

Neste ano, a Honda deve fabricar cerca de 1.400.000 unidades, n£mero bem pr¢ximo do limite de 1,5 milhÆo. Por isso, no primeiro trimestre do pr¢ximo ano devem ser anunciados investimentos para ampliar a capacidade produtiva da planta de Manaus em 2009.
Da produ‡Æo total, 1.214.999 unidades foram comercializadas no mercado interno entre janeiro e novembro deste ano. J  o restante, cerca de 100.000 unidades de 12 modelos foram exportadas para mais de 60 pa¡ses – alguns prontos e outros no esquema de CKD (Completely Knocked Down), ou seja, vÆo desmontados para pa¡ses como Col“mbia, Peru e Argentina.

Foto: A Honda conta com um campo de testes no munic¡pio de Rio Preto da Eva, a 70 km de Manaus

Foto: A Honda conta com um campo de testes no munic¡pio de Rio Preto da Eva, a 70 km de Manaus

Os n£meros colocam a planta brasileira entre as cinco maiores de todo o grupo japonˆs e tamb‚m como uma das maiores f bricas de motos do planeta.

Uma f brica de fato – Pela falta de fornecedores, desde o princ¡pio a empresa se viu obrigada a verticalizar a produ‡Æo. Al‚m da Moto Honda da Amaz“nia, o complexo abriga a Honda Componentes da Amaz“nia (HCA), que fabrica escapamentos, rodas, guidäes, chassis, rolamentos e assentos, e tamb‚m a HTA, ind£stria de fabrica‡Æo e manuten‡Æo de moldes e ferramentas de produ‡Æo, onde sÆo feitos moldes para pe‡as e ferramental para o fabrico de motocicletas. “Costumamos dizer que nÆo somos uma montadora, somos um fabricante de fato”, afirma M rio Okubo, gerente de rela‡äes institucionais da Moto Honda da Amaz“nia.
Para que todo esse complexo funcione, a empresa conta com 8.300 empregados na capital amazonense. Na  rea tamb‚m est  instalado um Centro de Distribui‡Æo de Pe‡as para a pr¢pria unidade fabril, assim como para as 658 concession rias da marca espalhadas pelo Brasil.

Campo de teste – Al‚m da planta produtiva, a Honda conta com um campo de testes no munic¡pio de Rio Preto da Eva, a 70 km de Manaus, inaugurada em janeiro de 2003. Com 10 diferentes tipos de pistas, encontradas nas vias brasileiras, o campo serve para o desenvolvimento de novos produtos e tamb‚m para o controle de qualidade dos modelos em produ‡Æo.

H  uma pista plana e reta de asfalto com cerca de 1.500 m de extensÆo para testes de velocidade m xima, acelera‡Æo, consumo, cicl¡stica e frenagem. Recentemente foi inaugurado um circuito com curvas e subidas para simular o uso urbano das motocicletas. Dessa forma, os testes ficam mais pr¢ximos do uso final da motocicleta pelo usu rio.
O local ainda abriga uma pista de motocross e outra de cross-country para os testes dos modelos off-road e de uso misto produzidos no Brasil, como a CRF 230 e a XR 250 Tornado.

Green Factory – No campo de provas est  localizado tamb‚m o projeto agr¡cola e de preserva‡Æo ambiental da marca, de acordo com o programa Green Factory (f brica ecol¢gica) que ‚ aplicado nas unidades da Honda em todo o mundo. Com o objetivo de preservar  rvores e esp‚cies amea‡adas, a marca reservou uma  rea de mil hectares – sendo 580 para preserva‡Æo ambiental, 197 de reflorestamento e outros 69 hectares de plantio de  rvores frut¡feras, cuja produ‡Æo ‚ doada a institui‡äes de assistˆncia da regiÆo.

Outra iniciativa do programa foi a Esta‡Æo de Tratamento de Efluentes, junto … planta produtiva de Manaus. Em uma  rea de 250 mý, sÆo tratados diariamente 2.250 mü de efluentes biol¢gicos e industriais. A empresa conta ainda com um programa de reaproveitamento de materiais. Das 2.580 toneladas mensais resultantes da fabrica‡Æo de motocicletas, 95% sÆo recicladas, 3% incineradas na pr¢pria f brica e apenas 2% sÆo destinadas aos aterros municipais.

* A INFOMOTO viajou … Manaus a convite da Moto Honda da Amaz“nia.