Fabricante recicla? - Venda direta? - Teste da Suzuki 800 - Pedágio da Dutra - Quem tem mais?

Fabricante recicla? – Venda direta? – Teste da Suzuki 800 – Pedágio da Dutra – Quem tem mais?

Fabricante recicla? - Venda direta? - Teste da Suzuki 800 - Pedágio da Dutra - Quem tem mais?

Fabricante recicla?
Prezados, venho participar mais uma vez neste excelente site de apaixonados por motos. Desta vez, não sei se cabe aqui, eu gostaria de consultar os caros colegas para abrir uma pequena discussão. Quem sabe eu contribua com um pequeno artigo? Ao que interessa. O que fazer com os capacetes velhos e com o prazo de validade estourado? Temos a nova lei nacional para resíduos sólidos e a responsabilidade de determinados fabricantes com seus produtos. Vocês têm alguma informação? Prometo que irei estudar pois trabalho na área, porém não tive a oportunidade de tal especificidade. Obrigado. Leandro Borba(27), Salvador, BA

Leandro, baseado em informações de fabricantes, os capacetes que tenham alguma parte danificada por qualquer motivo, devem ser completamente destruídos. Sobretudo o casco ou outras partes que comprometem a função protetora. Apesar de não haver prazo de validade, o tempo médio de uso de um capacete, mesmo sem qualquer dano no casco, é de 2 anos. O desmonte completo de um capacete e sua destruição para reciclagem dos materiais deve ser feito para evitar que o casco seja reformado e recolocado no mercado ainda na forma de capacete. No entanto, desconhecemos qualquer regra que obrigue os fabricantes a recolherem os capacetes usados ou velhos para destruí-los. Acreditamos que o tema seja pertinente e pode ser discutido no Forum Motonline. De qualquer maneira, está anotada a sugestão. Abraço.
– – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –
Venda direta?
Gostaria de saber se posso comprar na AVA em Manaus , montadora Kawasaki, uma ZX 11 .Zero Km. se existem unidades a venda, ainda. e mesmo q tenha se elas saem de lá com doc. 2010. plaqueta 2010. Adilson freire(46). Salgueiro,

Adilson, as motocicletas Kawasaki são montadas em Manaus pela própria Kawasaki. Quanto ao seu questionamento sobre documentação e disponibilidade para venda, sugerimos que você procure uma loja concessionária da marca na sua cidade ou em local mais próximo. Veja no link a seguir: http://www.kawasakibrasil.com/ Abraço.
– – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –
Teste da Suzuki 800
Boa tarde, gostaria se possível , me mandassem teste da marauder 800, via e-mail, no aguardo , atenciosamente , Fabio Eugenio Rezende e Castro (48), Tabuleiro, MG

Fabio, infelizmente Motonline não testou a Suzuki Marauder 800. Testamos a substituta dela – Boulevard 800, cujo teste está no link http://www.motonline.com.br/testes/teste-boulevard.html. Abraço.
– – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –
Pedágio da Dutra
Lendo a notícia no Motonline sobre o aumento do valor dos pedágios na Via Dutra, me deparei com um fato que me deixou muito intrigado. Quando falam sobre o aumento relativo aos veículos de duas rodas, ali constam: motocicletas, motonetas e, o que me deixou pasmo, bicicletas a motor. É permitido andar com bicicleta a motor a 30/40 km/h na Dutra. Mas se estão querendo proibir motos de menos de 250cc nas estradas, como isso pode ocorrer? E ainda pagando a metade que um furgão com 2 ton paga? Eu não entendo mais nada. Um abraço. Gilberto Dalacio Ferreira(66) Osório, RS.

Gilberto, as questões relativas a ciclomotores e bicicletas a motor são bastante confusas no Brasil. Na prática são veículos de duas rodas com motor a combustão, ou seja, precisam de licença e habilitação para serem conduzidos e podem trafegar em qualquer via pública, desde que sigam as leis e regras de trânsito. Porém, há ainda pouco entendimento e clareza sobre o assunto. A concessionária, neste caso, para não se omitir do assunto e prevenir-se, incluiu na lista os veículos que devem pagar aquela tarifa de pedágio. Abraço.
– – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –
Quem tem mais?
Olá, a frota de motos supera a de carros em metade do país, no total mais de 30% da frota nacional é composta por motos, que é o melhor meio individual de trasporte. Acredito que por medida de justiça viária e para maior segurança dos motociclistas deveria ser criada uma regulamentação que em todas as vias com mais de três faixas a faixa mais central devesse ser dividida em faixa dupla exclusiva para motos.
Isso não só aumentaria a segurança do motociclista como incentivaria os motoristas solitários a optarem por este outro meio de transporte muito mais apropriado e econômico a quem trafega sozinho. Ricardo(38) São Paulo, SP.

Ricardo, você está correto no princípio, pois sua idéia segue uma lógica que muitas das pessoas que decidem questões ligadas ao trânsito deveriam seguir. Estimular através da educação e da criação de condições mais seguras o uso dos transportes mais racionais e que causam menos impacto no trânsito e no meio-ambiente. Contudo, o que se vê hoje é, ainda, o estímulo cada vez mais ao uso do automóvel, com a criação de mais espaço para carros nas vias em detrimento dos outros meios (ônibus, caminhões, motocicletas e bicicletas). Agradecemos sua manifestação.
Abraço.