Falcon, qual, Japão, teste, curso, pancadaria, bronca, qual,

Falcon, qual, Japão, teste, curso, pancadaria, bronca, qual,

Falcon, qual, Japão, teste, curso, pancadaria, bronca, qual,

Sou propiet rio de um Nx4 falcon queria saber se vcs testaram ela, se sim, como consigo ver a reportagem?.
Fabr¡cio – botucatu sp
Tite, se bem me recordo minha xizelona 250 ano modelo 86 era a tal famigerada com carbura‡Æo dupla. Vou te falar, realmente dava trabalho deixar ela redonda e as regulagens eram bem constantes mas compensava, andava mais que todas as outras com carbura‡Æo simples. Se eu encontrar uma em real bom estado de conserva‡Æo vai co‡ar bastante. Cadˆ o teste da Falcon? Publica logo a¡ “.
Jos‚ – Barueri – SP
Z‚, falta a Honda liberar a Falcon 2006. Para comprar a revista com o teste escreva para editor@motonline.com.br

Qual
Estou com uma grande problema e pe‡o sua ajuda.Vou comprar uma moto nos proximos dias mas estou em duvida entre pegar uma strada 2001 ou uma yes 0km. penso em pegar a strada por ser uma moto mais potente mas por outro lado a yes ‚ 0km por favor me ajude .ja li o teste da yes varias vezes mas continuo na duvida.
Neto – Sao paulo
O site eh quase perfeito! Sabe o que esta faltando? Informacoes sobre a cbx 200 strada que eh a minha moto! Como eh que eu consigo as informa‡äes sobre o teste dela (se eh que teve)?
Lucas – Divinopolis MG
Se ajudar na sua decisÆo, vc pode adqurir o teste da CBX 200. Escreva para editor@motonline.com.br pra saber os detalhes.

JapÆo
Para tirar habilita‡Æo de motos no JapÆo, tendo a brasileira v lida, basta traduzi-la e marcar os exames! Se nÆo tiver, precisa fazer aulas obrigat¢rias e teste escrito em japonˆs, com custos de US$2 a 3mil! Ningu‚m passa na 1¦, s¢ depois de umas 5 tentativas! A m xima que consegue ‚ at‚ 400cc, mais que isso s¢ com mais de 5 anos de bagagem! O exame ‚ rigoroso e aumenta a dificuldade conforme a cilindrada! As categorias comuns sÆo 250 e 400cc; a cart. de carros serve p/ motos at‚ 50cc! Aqui no JapÆo quase nÆo h  dias p/ se pilotar! O clima ‚ completamente desfavor vel: Ao longo do ano, somados, d  uns 2 a 3 meses de dias bons! Um frio danado no inverno e 40~45 graus no verÆo; entre amenos e terr¡veis, passa cerca de 50 furacäes todos os anos, fora a chuvarada da primavera! Por isso a m‚dia ‚ 1.000km rodados por ano! Sem contar que em vias expressas ‚ proibido andar com garupa (outras vias sÆo livres)! O prazer de pilotar motos ‚ restrito a poucos mˆses!
Marco – JapÆo
E tem gente que reclama do Brasil!

Teste
Tite, o meu meXanico disse q mudando a escapa‡ao da minha moto sem mexer no carburador quase nÆo vai alterar a durabilidade do motor, isso procede? e tem uma kilometragem exata pra trocar o ¢leo das bengalas? e j  q todo mundo te oferece comida, quando passar por Fortaleza vem comer um peixe assado na brasa curtindo a brisa da praia do futuro e o jaca q eu me referi no e-mail anterior ‚ o jacar‚ mesmo. O teste de 10 mil km realizado pelas revistas de motos no Brasil. A marca de 10 mil km ‚ muito pequena para um motor apresentar desgastes. Um teste verdadeiro deveria ser feito aos 30 mil km, pelo menos. Mostrar que uma moto nÆo apresenta desgaste tÆo cedo, nÆo ‚ vantagem nenhuma; ‚ rir da nossa cara. Com tÆo pouca quilometragem um motor de qualidade nÆo apresenta desgastes, e nem poderia. Se apresentar ‚ porque nÆo tem qualidade. Ser  que algu‚m compra uma moto s¢ porque nÆo apresentou desgastes num teste desses.  rid¡culo, um teste in£til. Quem se influenciar por isso ‚ ingˆnuo. Uma verdadeira prova dos 10 mil km, deveria ser num aut¢dromo, com v rios pilotos, com intervalos de duas horas a cada seis horas rodadas com velocidades m‚dias – de 80 a 120 km/h.
Rafael – Fortaleza Ce
Por partes: o problema de alterar o escape ‚ que o cabra vai querer acelerar mais s¢ pra ouvir o ronco novo. A¡ sim, o motor vai pro saco mais cedo. Qto ao teste ‚ justamente o contr rio: um teste em circuito ‚ que nÆo serve pra nada. Os testes de longa dura‡Æo j  passaram de 10.000 para 20.000 km faz tempo.

Curso
Gostaria de informa‡Æo de curso de inje‡Æo de moto.
pedro – nova igua‡u rj
Entre em contato com o SAC da Yamaha.

Pancadaria
Alguns colegas radiof“nicos elegeram novo saco de pancadas, o motoqueiro. Ouvi um locutor resmungar a nosso respeito no dia 2/3 na Jovem Pan AM. S¢ faltou nos xingar de “ra‡a maldita”. Pior que isso, todos os dias essa emissora repete uma hist¢ria do tipo “J  estamos acostumados… o motociclista ca¡do… o resgate que nem sempre chega… ISSO  FATO!”. Prefiro que esses caras nos esque‡am. Tenho medo que eles nos proibam de andar no corredor ou usar as marginais.
M rio Curcio – SÆo Paulo SP
Grande M rio! Por isso cabe a n¢s, jornalistas, tentar reverter essa situa‡Æo. A CBN tamb‚m elegeu o motociclista como saco de pancada h  d‚cadas. Sabe por quˆ? Porque eles tˆm patroc¡nio do servi‡o de t xi vermelho e branco que faz courier e concorrem com os motoboys. Eles anunciam “sua encomenda chega com seguran‡a”.

Bronca
Ola, lendo as cartas encontrei uma na qual vc se surprendeu com um vendedor da honda em alongar sua Tuwister, pois concordo com vc, aqui tem uma concessionaria Honda na qual nÆo existem mecƒnicos, so “mexanicos” uns moleques de 18 anos que nem sabem o que ‚ moto, coitados do propriet rios das Hornet. Pois na revisÆo de 1000km da minha Sport 150, tive que apertar as porcas do esticador da corrente, e sem falar que ja faz 30 dias que minha irmÆ esta esperando a troca da dire‡Æo de sua biz 125 no recall.
Leandro – iju¡, RS

Qual
Tenho uns R$11.000 para comprar uma moto, a qual usarei diariamente, + ou – 80Km/dia, sendo aprox. 20 deles dentro da cidade, e o restante em pista dupla.Estou em d£vida entre a Fazer, Twister, Sahara e a Falcon. Qual dessas apresenta o melhor custo-benef¡cio para uso descrito?
F bio – Mogi Gua‡u – SP
Bom, se o quesito for apenas a rela‡Æo custo-benef¡cio, uma Sahara em ¢timo estado ‚ a melhor op‡Æo. Mas vc precisa saber escolher bem sua moto usada.