Foto: Primeira geração CG 125

Família CG: preferida pelos motociclistas brasileiros

Foto: Primeira geração CG 125

Foto: Primeira geração CG 125

Consagrada há 32 anos no mercado, a linha chega à marca de mais de seis milhões de unidades comercializadas no Brasil

A história da família CG é sinônimo de sucesso no mercado brasileiro de duas rodas. Isso porque a linha, que é composta pelos modelos CG 125 Fan, CG 150 Titan, CG 150 Job e CG 150 Sport, assumiu uma importante e crescente participação na vida dos consumidores. Em 32 anos no País e após seis gerações, a Honda contabiliza mais de seis milhões de motocicletas comercializadas em todo o Brasil.

A trajetória da família CG no Brasil é marcada pelo compromisso da Honda de estar sempre surpreendendo o seu público com produtos de qualidade e avançada tecnologia.

Símbolo de evolução – O sucesso da família CG é resultado de anos de inovações tecnológicas. Tudo começou em 1976 quando chegou ao mercado a CG 125, a primeira motocicleta da marca de fabricação nacional. Dando início à primeira geração, o modelo contava com um motor de 125 cilindradas, resultando em desempenho, durabilidade e agilidade, tanto na locomoção quanto no lazer. Em 1981, a Honda lançou a versão a álcool da CG 125.

Foto: Sexta Geração CG 150 Titan

Foto: Sexta Geração CG 150 Titan

A linha evoluiu e com ela vieram mudanças importantes na segunda geração, como o câmbio de cinco marchas, em 1983. Outra inovação foi a moto CG 125 Cargo. A versão foi apresentada em 1988 e era para uso profissional, onde contava com um bagageiro projetado para carregar um volume maior e receber a instalação de baú.

Já a terceira geração (1989-1994) chegou com a motocicleta CG 125 Today, que apresentava design com a inclusão de rabeta e alterações no painel e no banco. Em 1991, o modelo teve mais de 70 alterações no motor e 74 no chassi, garantindo aumento de potência e economia de combustível.

Mas as inovações não pararam. A quarta geração introduziu em 1994, a moto CG 125 Titan com formas arredondadas e alças traseiras nas laterais. Nesse período, realizou aproximadamente 90 alterações técnicas.

Em 2000, a quinta geração apresentou design com maior harmonia e as versões KS (partida a pedal e freios a tambor) e ES (partida elétrica e freio dianteiro a disco) da CG 125 Titan. Além disso, o modelo passou a contar com farol com refletores multifocais, painel com marcador de combustível, chassi estampado, bateria selada, tanque com maior capacidade e o exclusivo sistema anti-esvaziamento tuff-up.

O ano de 2004 deu início à atual sexta geração com a campeã de vendas CG 150 Titan em três versões: KS (partida pedal e freios a tambor), ES (partida elétrica e freios a tambor) e ESD (partida elétrica, freio dianteiro a disco e suporte do pedal de apoio do garupa fixado ao chassi). Com motor de 149,2 cm3, a motocicleta se destaca pelo seu moderno design, além de ser econômica, ágil e durável. Desde então, surgiram outros três modelos: CG 125 Fan, CG 150 Job e CG 150 Sport, que ampliaram a base de mercado e consolidaram definitivamente a presença da linha.

Em 2006, a Honda lançou uma série especial da CG 150 Titan em comemoração aos 35 anos da montadora no Brasil.

Um modelo para cada público – A Honda sempre buscou novas tendências de mercado e superar as expectativas dos seus consumidores. Com a família CG não foi diferente.

Da locomoção ou trabalho do dia-a-dia às viagens dos finais de semana, os modelos são utilizados sempre com grande praticidade e economia por usuários das mais variadas faixas etárias e classe sociais.

Reforçando o conceito da marca de facilitar o acesso ao transporte próprio, a CG 125 Fan atende às necessidades de um número cada vez maior de pessoas por ser acessível e com vocação para uso no transporte diário ou para o trabalho.

Com atributos como versatilidade, durabilidade, robustez, economia e baixa e fácil manutenção, a CG 150 Titan é líder no segmento nacional de duas rodas. Desde que foi lançada em fevereiro de 2004 até maio de 2008, a sexta geração acumula 1.748.409 unidades vendidas no país.

Reunindo características como visual esportivo, moderno e atraente, além de praticidade e durabilidade, a CG 150 Sport é ideal para uso urbano e destinado ao dia-a-dia como locomoção e nos finais de semana para o lazer. O modelo está em sintonia com as aspirações de um público que valoriza desempenho, tecnologia, estilo, emoção na pilotagem e, sobretudo, diferenciação.

Motocicleta da categoria “urbana utilitária”, requisitada por empresas dos mais variados segmentos, a Honda CG 150 Job traz um bagageiro com maior capacidade de carga (30kg). A Job se tornou referência entre os profissionais autônomos, além de empresas públicas e privadas dos mais variados perfis e segmentos. O modelo é homologado para o transporte de carga, pois possui pontos para fixar um baú ou amarrar pequenos volumes.