Foto: Cidade pronta para receber os turistas

Famosa pela cerâmica, Canelinha se transforma na capital mundial do Motocross

Foto: Cidade pronta para receber os turistas

Foto: Cidade pronta para receber os turistas

Ao entrar em Canelinha, os turistas encontram os seguintes dizeres: -Canelinha, cidade das Cerâmicas-. De fato, o local é um dos maiores expoentes do país quando o assunto é cerâmica. Mais de cem olarias estão instaladas na cidade que, recentemente, também viu crescer muito a produção de malhas e calçados.

Mas no próximo fim de semana, as pessoas que chegarem em Canelinha não estarão muito interessadas na cerâmica produzida pela cidade. O barro, que serve de matéria prima para uma das principais atividades econômicas da região, continuará em destaque, mas por um outro motivo: a cidade recebe a final do Campeonato Mundial de Motocross, nos dias 12 e 13 de setembro.

O motódromo Arthur Jachowicz, que foi fundado em 1979, foi totalmente reformulado para atender com ainda mais conforto e comodidade aos amantes do esporte, que é um dos mais populares da cidade. Além do Motocross, Canelinha também é apaixonada pelo vôo livre – o Morro do Rolador tem uma das melhores plataformas de salto do país – e pelo rodeio – o CTG Fazenda Silva Neto organiza anualmente uma das maiores competições do Brasil.

Canelinha foi fundada em 23 de dezembro de 1862, por italianos e açorianos. A nome da cidade vem da árvore Canelinha, abundante na região e muito usada para a fabricação de assoalho e forro. Segundo a tradição, existia uma árvore caída no Rio Tijucas que dificultava a passagem das embarcações que por ali passavam. O aviso constante dos navegadores -Cuidado com a Canelinha- acabou sendo responsável por denominar a cidade.

Atualmente, quase dez mil pessoas moram na cidade, que fica a pouco mais de 60 km da capital do estado, Florianópolis. Mais próximos de Canelinha estão os municípios de Nova Trento, São João Batista, Tijucas e Brusque.

Os pilotos que tiverem precisando de uma -ajudinha extra-, inclusive, devem ir a Nova Trento, onde se encontra o santuário de Santa Paulina, a primeira santa brasileira, canonizada pelo Papa João Paulo II em junho de 2002. Ela foi canonizada por curar uma mulher que sofreu uma séria hemorragia após um aborto e uma menina que nasceu com má formação cerebral e, por isso, se transformou na protetora dos portadores de doenças graves.

O Honda GP Brasil de Motocross é realizado pelo Grupo Lance! e Youthstream, patrocinado pela Honda e Governo de Santa Catarina com supervisão da Federação Internacional de Motociclismo, Confederação Brasileira de Motociclismo e Federação Catarinense de Motociclismo.