Foto: Mineiro segue para a segunda temporada na Europa com mais experiência para conquistar novos títulos

Felipe Zanol estreia no Campeonato Português de Enduro FIM de olho no bicampeonato

Foto: Mineiro segue para a segunda temporada na Europa com mais experiência para conquistar novos títulos

Foto: Mineiro segue para a segunda temporada na Europa com mais experiência para conquistar novos títulos

O brasileiro Felipe Zanol está de volta ao continente Europeu em busca do bicampeonato Português de Enduro FIM. Após a excelente temporada de 2008, quando conquistou também outros resultados importantes no Campeonato Mundial, no Espanhol e no Six Days, o piloto entra na briga com mais experiência para conquistar novas vitórias. Zanol passou quase dois meses no Brasil, retornou no último final de semana a Portugal e sem perder tempo já se dirige a Ourém, sede da primeira etapa da competição. As disputas estão marcadas para este final de semana (24 e 25).

O mineiro voltará a competir pela equipe portuguesa CRN/Motofundador, a mesma que representou em 2008. A novidade será a troca de categoria. No ano passado, Zanol foi campeão geral e da categoria Elite II. Com o resultado, e le passa a integrar a disputa da classe E1 para motos de 250 a 400cc. “Continuo com a mesma motocicleta, uma Yamaha YZ 250. A vantagem em relação às de mais cilindradas é que ela é melhor para andar na chuva”, contou o piloto, que utilizará equipamento completo da linha ASW Podium.

Entre uma temporada e outra, Zanol aproveitou o tempo para descansar no Brasil, mas sem perder o foco nas competições. Ainda no final de 2008 disputou o Rally dos Amigos e cuidou bastante da parte física. “Depois do Amigos parei para descansar um pouco. Mantive a preparação física e voltei a treinar com moto há 20 dias. Ainda não estou 100%, mas pretendo mesmo fazer um início de temporada mais leve e chegar no auge quando estivermos na metade”, planejou.

Zanol conta que na agenda dos próximos meses estão, além do Português, o Campeonato Mundial e o Europeu de Enduro . “Talvez nossa equipe fique fora da etapa do Mundial no México, por conta dos custos”, revelou. Manter o título português é a prioridade do brasileiro em 2009. “Sei que será bem mais difícil. A competição contará com vários pilotos novos e de muito potencial. Além disso, carrego uma responsabilidade um pouco maior este ano, por ser o atual campeão. O importante é tentar ser bem constante durante todas as etapas.”

Na primeira fase um dos desafios do brasileiro será novamente a adaptação ao clima, assim como no início da temporada passada. “Terminamos o ano no Brasil com sol e calor. Aqui já está muito frio. Para mim, a pior adaptação será com o clima.”

No enduro de Ourém, os competidores terão de dar três voltas a cada dia no percurso de 45 quilômetros. Por conta da chuva presente na região nos últimos dias, o piso pedregoso se tornou também úmido e cheio de barro. Este ano, o Campeonato Português de Enduro será disputado em cinco etapas com dois dias de disputas cada uma. Depois da fase de Ourém, a competição passará pelas cidades de Fafe, Gouveia, Rio Maior e Góis.

Calendário do Campeonato Português de Enduro FIM:

1ª etapa – 24 e 25/01 – Ourém
2ª etapa – 14 e 15/02 – Fafe
3ª etapa – 07 e 08/03 – Gouveia
4ª etapa – 02 e 03/05 – Rio Maior
5ª etapa – 23 e 24/05 – Góis