Felipe Zanol faz o melhor tempo entre os brasileiros no prólogo do Rally dos Sertões

Felipe Zanol faz o melhor tempo entre os brasileiros no prólogo do Rally dos Sertões

Felipe Zanol faz o melhor tempo entre os brasileiros no prólogo do Rally dos Sertões

Felipe Zanol faz o melhor tempo entre os brasileiros no prólogo do Rally dos Sertões

Piloto Rinaldi ficou atrás apenas do francês David Casteu. Ramon Sacilotti fez o oitavo melhor tempo e também participa do Superprime nesta noite
 
Os pilotos Rinaldi começaram bem a 19ª edição do Rally Internacional dos Sertões. Na manhã desta terça-feira, 9, o mineiro Felipe Zanol fez o segundo melhor tempo entre as motos, e o melhor tempo entre os brasileiros, ficando atrás apenas do francês David Casteu.

“Fiz um bom tempo, com tranqüilidade, sem forçar muito, porque o rally é longo, não dá pra sair arriscando na primeira prova. Agora vamos definir a ordem de largada dos oito melhores no Superprime, que será disputado à noite”, afirma Zanol, que compete na categoria Super Production.

Outro piloto Rinaldi, Ramon Sacilotti conquistou a oitava melhor marca e com isso também participa do Superprime. “Fiquei muito satisfeito com este tempo. Apenas os oito melhores participam do Superprime e, além da moral de estar neste pelotão de ‘elite’, tem o fato de largar na frente, andar mais ‘sozinho’, com menos poeira”, comenta o atleta da categoria Super Production.

Moara Sacilotti, que compete na categoria Production, sofreu uma queda e vai largar em penúltimo, o que não tira a empolgação da piloto. “Tinha um trecho de asfalto no prólogo e eu freei muito forte. A moto saiu de dianteira e eu caí, me ralando toda. Ainda sinto muita dor na mão direita, mas o prólogo também não define nada, o rally começa de verdade amanhã. Vou tirar a diferença”, projeta Moara.

A primeira etapa do Rally dos Sertões acontece nesta quarta-feira, 10 de agosto, entre Goiânia (GO) e Pirenópolis (GO). Serão 83km de “especial” e 153km de “deslocamento”. A largada para as motos acontece a partir das 7h.

“É um dia curto, bom para aquecer. Mas é um trecho bem técnico, cheio de perigos. É preciso andar com bastante cautela”, ressalta Ramon Sacilotti.

Zanol também comenta a etapa, e salienta a importância de largar na frente. “A planilha está estudada. Será um trecho com muita pedra, de muita navegação, a largada pode fazer a diferença. Largar na frente evita, principalmente, que você pegue poeira. A poeira é perigosa porque esconde os obstáculos. Um degrau, uma pedra, uma ponte podem passar despercebidos em meio a poeira, e isso pode te tirar muito tempo”, explica.

Confira os melhores do prólogo:
1º) David Casteu
2º) Felipe Zanol
3º) Paulo da Silva Goncalves
4º) Ike Klaumann
5º) Guto Klaumann
6º) David Fretigne
7º) Juan Pedrero Garcia
8º) Ramon Sacilotti
9º) Juca Bala
10º) Dario Julio Souza

Confira o cronograma detalhado:

1° Dia (9/8 terça-feira) Goiânia (GO)
Prólogo

2° Dia (10/8 quarta-feira) Goiânia (GO) – Pirenópolis (GO)
Deslocamento Inicial – 143 km
Especial – 83 km
Deslocamento final – 10 km
Total: 236km

3° Dia (11/8 quinta-feira) Pirenópolis (GO) – Porangatu (GO)
Deslocamento inicial – 37 km
Especial – 290 km
Deslocamento final – 257 km
Total: 584 km

4° Dia (12/8 sexta-feira) Porangatu (GO) – Gurupi (TO)
Deslocamento inicial – 66 km
Especial – 285 km
Deslocamento final – 104 km
Total: 455km

5° Dia (13/8 sábado) Gurupi (TO) – Porto Nacional (TO)
Deslocamento inicial – 16 km
Especial – 140 km
Deslocamento final – 50 km
Total: 206 km

6° Dia (14/8 domingo) Porto Nacional (TO) – Lizarda (TO)
Deslocamento inicial – 140 km
Especial – 330 km
Deslocamento final – 1 km
Total: 471 km

7° Dia (15/8 segunda-feira) Lizarda (TO) – Balsas (MA), Etapa Maratona 1
Deslocamento inicial – 1 km
Especial – 428 km
Deslocamento final – 7 km
Total: 436 km

8° Dia (16/8 terça-feira) Balsas (MA) – Barra do Corda (MA), Etapa Maratona 2
Deslocamento inicial – 10 km
Especial – 306 km
Deslocamento final – 6 km
Total: 322 km

9° Dia (17/8 quarta-feira) Barra do Corda (MA) – Teresina (PI)
Deslocamento inicial – 9 km
Especial – 210 km
Deslocamento final – 321 km
Total: 540 km

10°Dia (18/8 quinta-feira) Teresina (PI) – Sobral (CE)
Deslocamento inicial – 71 km
Especial – 253 km
Deslocamento final – 181 km
Total 505 km

11° Dia (19/8 sexta-feira) Sobral (CE) – Fortaleza (CE)
Deslocamento inicial – 15 km
Especial – 86 km
Deslocamento final – 170 km
Total: 271 km

Percurso total: 4.026km
Total de Especiais: 2.411 km