Felipe Zanol voltou a brilhar no Campeonato Brasileiro de Cross Country

Felipe Zanol vence e assume liderança do Brasileiro de Cross Country

Felipe Zanol voltou a brilhar no Campeonato Brasileiro de Cross Country

Felipe Zanol voltou a brilhar no Campeonato Brasileiro de Cross Country

Bento Gonçalves (RS) – Felipe Zanol voltou a brilhar no Campeonato Brasileiro de Cross Country. O atual campeão nacional na categoria XC1 venceu a segunda etapa da competição disputada nesse fim de semana, 14 e 15 de maio, em Porto Seguro, Bahia, e assumiu a liderança do campeonato.

“Foi um fim de semana muito bom. Conquistei o resultado que desejava e, com isso, assumi a liderança da competição. Realmente, estou recuperado da lesão e retomando o ritmo que preciso para defender o título da temporada”, avalia Zanol, que terminou a prova na primeira colocação geral e da categoria XC1.

O piloto conta que precisou se concentrar na largada para conseguir pôr em prática sua estratégia durante a bateria de mais de 60 minutos de duração. A pista, para ele, também estava muito seca e apresentava dificuldades para quem vinha atrás.

“Como eu sabia que seria necessário reabastecer minha moto, procurei fazer uma boa largada e abrir vantagem sobre os concorrentes. Quando precisei parar, estava quase 30 segundos na frente do segundo colocado, reabasteci e consegui voltar na frente. Foi uma prova perfeita, em que tudo deu certo”, comemora o piloto mineiro.

Zanol cruzou a linha de chegada com quase dois minutos de vantagem para o segundo colocado na classificação geral, Nielsen Bueno. Rômulo Alvarenga recebeu a bandeirada final em terceiro, completando o domínio mineiro no pódio de Porto Seguro. O paranaense Paulo Stedile foi o quarto colocado, e Marcos Martins terminou na quinta posição.

No dia 12 de junho, Zanol disputa a segunda etapa do Brasileiro de Enduro FIM, em Jaraguá do Sul, Santa Catarina. No dia 26, defende a liderança no Brasileiro de Cross Country durante a terceira etapa da competição, com local a ser definido.

Resultado:

1) Felipe Zanol
2) Nielsen Bueno
3) Rômulo Alvarenga
4) Paulo Stedile
5) Marcos Martins