Foto: Pista de Carlos Barbosa tem 1.530 metros de percurso

Feras do motocross invadem Carlos Barbosa, RS

Foto: Pista de Carlos Barbosa tem 1.530 metros de percurso

Foto: Pista de Carlos Barbosa tem 1.530 metros de percurso

Com uma das pistas mais t‚cnicas do circuito, a cidade da Serra Ga£cha vive a expectativa de sediar a segunda etapa do Campeonato Brasileiro da modalidade.

Carlos Barbosa (RS) – O circo do motocross j  est  armado na cidade de Carlos Barbosa, na Serra Ga£cha, palco da segunda etapa do Campeonato Brasileiro da modalidade. As feras das duas rodas terÆo pela frente uma das pistas mais t‚cnicas do circuito nacional, sendo que os treinos livres e cronometrados serÆo realizados neste s bado e as corridas, a partir das 11h30 de domingo (veja a programa‡Æo completa abaixo). As disputas serÆo divididas em cinco categorias: 65 cilindradas, 85cc, MX1, MX2 e MX3.

Nesta sexta-feira, a Confedera‡Æo Brasileira de Motociclismo (CBM) acertou os detalhes finais para a realiza‡Æo do evento. A expectativa da organiza‡Æo ‚ de que 180 pilotos participem das baterias, sob os olhares atentos do p£blico ga£cho, tradicional amante do motocross. No ano passado, por exemplo, a etapa foi prestigiada por 25 mil pessoas.

Al‚m da movimenta‡Æo de motorhomes e dos testes nas motos, o dia foi marcado pelos £ltimos retoques na pista, que tem 1.530 metros e nÆo sofreu altera‡Æo no tra‡ado. “Em compensa‡Æo, os pulos foram reformulados”, contou Donato Khouri, gerente de produ‡Æo da CBM.

“A pista tem piso solto e ‚ uma das mais t‚cnicas do Campeonato Brasileiro, mas tamb‚m uma das mais seguras. A velocidade m‚dia gira em torno de 50 quil“metros por hora”, continuou. Para deixar o local em condi‡äes perfeitas, esfor‡os nÆo foram poupados. “Colocamos 35 cent¡metros a mais de terra na pista. Para transportar este material, foram necess rios 1.200 caminhäes”, concluiu Khouri.

A primeira etapa do Brasileiro, realizada no interior paulista, teve como vencedores Marcello Ferreira de Lima (MX2), Milton Becker (MX3), Daniel Guelman (65cc) e Rodrigo Rodrigues (85cc), al‚m de Ant“nio Jorge Balbi J£nior na MX1, a categoria principal. Formada por oito etapas, a competi‡Æo passar  ainda por Santa Catarina, Esp¡rito Santo, Paran , Minas Gerais, Mato Grosso do Sul e Goi s.

Programa‡Æo – Dia 8/4 – Treinos Livres
MX3 – das 9h30 …s 9h55
85cc – das 10h05 …s 10h25
65cc – das 10h35 …s 10h55
MX2 – das 11h05 …s 11h30
MX1 – das 11h40 …s 12h05

Treinos Cronometrados – MX3 – das13h20 …s 13h50
85cc – das 14h …s 14h20
65cc – das 14h30 …s 14h50
MX2 – das 15h …s 15h30
MX1 – das 15h40 …s 16h10

Dia 9/4 – Treinos de largada / Warm Up
MX3 – das 9h …s 9h13
85cc – das 9h20 …s 9h33
65cc – das 9h40 …s 9h53
MX2 – das 10h …s 10h13
MX1 – das 10h20 …s 10h33

Baterias – MX3 – 11h30 (30 minutos mais duas voltas)
65cc – 12h20 (15 minutos mais duas voltas)
85cc – 13h (20 minutos mais duas voltas)
MX2 – 13h50 (30 minutos mais duas voltas)
MX1 – 14h40 (30 minutos mais duas voltas)