Ferrugem, amaciamento, bengala, tranformer, Titan Flex

Ferrugem, amaciamento, bengala, tranformer, Titan Flex

Ferrugem, amaciamento, bengala, tranformer, Titan Flex

Ferrugem – Olá, desde que comprei minha GS 500 modelo 2008, no mês de setembro de 2007, notei que apareceram alguns pontos de ferrugem no quadro inteiro. Os pontos são mais frequentes nos pontos de solda. Já apliquei produtos anti ferrugem muitas vezes e não resolve. Verifiquei em um fórum só de GS e outros proprietários também estão com o mesmo problema. Gostaria de saber qual o melhor procedimento a ser realizado. Devemos entrar em contato com a concessionária ou direto coma fábrica? Pois parece ser um problema de fabricação. Estarei indo na concessionária amanhã para verificarem. Se for constato realmente que é um problema de fabricação é erro grave e que pode comprometer totalmente a segurança de todos. André Gouvêa Toledo(23) São Paulo, SP
– André, vc não é parente do João Toledo é? Ele é o dono da Suzuki no Brasil e ele deve poder te ajudar mais… Brincadeiras à parte, a sua moto está na garantia? Se estiver não hesite em levar a uma boa concessionária. Não espere mais. A única solução que me ocorre é a repintura com tratamento anti-ferrugem no chassis todo. Qualquer outra coisa é paliativo. Boa sorte

Amaciamento
Olá, Estou prestes a pegar uma Hornet 2008 e realmente estou muito confuso quanto ao método de amaciamento do motor que irei utilizar. Li um artigo na internet e os conceitos técnicos que lá são mostrados fazem muito sentido e contrariam todas as outras formas de amaciamento que eu ja conhecia até então. Sendo assim eu gostaria de saber a opiniao de vocês a respeito do artigo. O Link do artigo é: http://www.mototuneusa.com/break_in_secrets.htm Autor: um cara que se denomina como “MotoMan” Agradeço desde já, um abraço. Felipe Franceschi Magalhaes(26) Campinas, SP
– Felipe, Muito interessante o artigo, e faz esmo sentido. Porém, como o Motoman mesmo diz: “Porque a fábrica não recomenda esse método?”. Eu, não arriscaria a não ser em condições especiais, podendo abrir o motor e “conferir” o amaciamento e as condições das outras peças pessoalmente. Aí sim. não acho que vale a pena. abraços

Bengala
Alguém pode me ajudar a solucionar se possível, a suspensão dianteira da GS500E, pois bate muito, já troquei o óleo de bengala, retentores, mas está difíciu, ela bate muito a frente, qualquer buraco o impacto é forte! (favor responder no meu e-mail) grato Ronaldo Brun (32), São Paulo, SP.
– A GS500 não tem por natureza uma suspensão muito compliante. Como qualquer moto street ela tem pouco curso para as condições normais de nossas ruas e estradas, por isso faz tanto sucesso as motards que são motos on/off com rodas mais apropriadas ao asfalto. Nessas, as suas suspensões próprias às buraqueiras são mais adeqüadas às nossas condições. De qualquer forma vc pode fazer com que sua moto melhore um pouco. Retire as bengalas e tire a mola do tubo abrindo a tampa de cima. Esgote todo o óleo bombando dentro de um recipiente. Coloque óleo de transmissão automática, tipo ATF deixando o nível de óleo medindo sem a mola até 200mm do topo. Faça alguns movimentos de vai – vem para tirar o ar antes de medir Coloque a mola e feche a tampa. Monte o garfo. Assim você tira o efeito máximo da compliância, fazendo com que o óleo aumente o efeito mola progressivamente no fim do curso. Ainda pode bater no fim do curso, mas fica mais progressiva e macia no início.

Transformer
Olá pessoal do motonline. Estou querendo transformar uma Cr 250 em uma motard, mas queria saber se há algum jeito de regulariza-la para que possa andar todos os dias na cidade. Valeu! Rudá Bragança (22) São José dos Campos, SP
– Muitas dessas motos têm problemas até com a importação ilegal. Não há como legalizar esse tipo de veículo, pois são feitos exclusivamente para competição fora das vias públicas.

Titan Flex
Haveria alguma maneira da cg titan andar com alcool e gasolina mudando alguma peça da moto. humberto igarashi(30) Mogi das Cruzes, SP
– A Titan foi feita para andar com gasolina e portanto não tem o acabamento necessário para proteção das peças contra a corrosão provocada pelo álcool. Há quem faça a conversão para álcool somente, para maior potência mas a vida do conjunto todo pode ser bem comprometida pelo motivo explicado. A combinação dos dois combustíveis é impossível para qualquer motor carburado, como é o caso da Titan. Apenas com um sistema de injeção eletrônica é possível programar a compensação automática da mistura ar-combustível como nos flex dos automóveis. Quem sabe alguma montadora faça essa adaptação nas novas motos injetadas, seria uma boa idéia, não?

– – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –
Carlos Bittencourt é administrador de empresas e motociclista desde 1968, participou na década de 70 do grupo pioneiro do fora de estrada no Brasil, em parceria com Carlão Coachman, Julio Carone, Ronnie Hornet Kopenhagen, Emílio Camanzi entre outros, hoje tem junto com os irmãos Mario e Marcos Baptista de Castro uma empresa de prestação de serviços em motocicletas.