Fiesp na luta contra a CPMF recebe entidades parceiras e lança manifesto

Na pr¢xima quarta-feira (9/5), …s 11 horas, a Federa‡Æo das Ind£strias do Estado de SÆo Paulo (FIESP) realizar  um encontro, em sua sede, reunindo mais de 60 institui‡äes, com o objetivo de mobilizar a sociedade contra a prorroga‡Æo por mais 10 anos da Contribui‡Æo Provis¢ria sobre Movimenta‡Æo Financeira – CPMF.

A Fiesp, sempre engajada na luta por juros menores e redu‡Æo da carga tribut ria, debater  o tema e apresentar  um manifesto conjunto com outras institui‡äes da sociedade civil contra a continuidade da CPMF. Na oportunidade, a Fiesp tamb‚m apresentar  um estudo elaborado pelo seu departamento de Pesquisas e Estudos Econ“micos (Depecon), que confirma a tese de que se o Governo cortar gastos p£blicos, nÆo h  necessidade da manuten‡Æo do tributo. Desde 1995, quando foi institu¡da, a CPMF j  arrecadou R$ 207 bilhäes, o que corresponde a mais de 8% do total da receita da UniÆo.

Entre as entidades que ap¢iam o fim do tributo provis¢rio que o Governo Federal quer transformar em definitivo, estÆo a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), a Associa‡Æo Comercial de SÆo Paulo (ACSP) e o Sindicato das Empresas de Servi‡os Cont beis (Sescom).

Para Paulo Skaf, presidente da Fiesp, “A £nica coisa provis¢ria em mat‚ria de impostos no Brasil, ‚ que todos eles sÆo sempre definitivos”.