Foto: Tite, Ryo Harada e Renzo Querzoli, diretor do filme Alma Selvagem

Flashes do Salão das Duas Rodas (1)

Foto: Tite, Ryo Harada e Renzo Querzoli, diretor do filme Alma Selvagem

Foto: Tite, Ryo Harada e Renzo Querzoli, diretor do filme Alma Selvagem

DoctorTite – Um aglomerado no SalÆo e nÆo deu outra: era o Doctor Tite ocupado em dar aut¢grafos em seu livro O Mundo  Uma Roda e no DVD Alma Selvagem, no estande da Sarach£. Claro, algu‚m sempre aproveitava e fazia uma consultoria extra sobre alguma duvida com rela‡Æo … sua moto.

Sarach£
Jacinto Sarach£, h  mais 30 anos atr s, quando montou sua empresa, nÆo imaginava a linha de escapamentos que teria em 2007. SÆo escapamentos artesanais, cada pe‡a ‚ trabalhada, sÆo produtos de alta performance. Eles tˆm produtos para a grande maioria de marcas existentes no mercado e podem desenvolver outros, de acordo com a necessidade do motociclista. Tem boas novidades no estande.

Organiza‡Æo do Evento
Em primeiro lugar, deixo claro que vale a pena ir ao SalÆo das Duas Rodas. No entanto, ‚ bom ir preparado porque vai enfrentar alguns problemas:
– problemas na localiza‡Æo dos transfers gratuitos no Metro Jabaquara e no recinto do SalÆo
– transito na chegada
– cambista na porta vendendo convites e nÆo ingressos
– estacionamento ca¢tico
– falta de sinaliza‡Æo externa e sinaliza‡Æo prec ria dentro do evento
– falta de desconhecimento do pessoal de infra-estrutura (seguran‡as, porteiros, etc)
– os dois dias apresentaram problemas de queda de energia e fica claro que em caso de algo mais grave, a situa‡Æo seria complicada.
Acredito que duas coisas devem ocorrer: ou irÆo rever o local do pr¢ximo SalÆo porque o Centro de Exposi‡äes Imigrantes nÆo est  se mostrando de f cil acesso e suas instala‡äes nÆo sÆo preparadas para grandes eventos, como est  sendo constatado no SalÆo das Duas Rodas, ou precisam combinar de forma profissional o pr¢ximo evento.
O p£blico nÆo precisa passar pelas diversas torturas para ver suas motos prediletas!

Yamaha
A grande novidade da Yamaha foi o lan‡amento da XTZ 125X, a primeira motocicleta com conceito “X” totalmente desenvolvida – ao longo de quase dois anos, e fabricada no Brasil. Dispon¡vel nas versäes “K” (partida a pedal) e “E” (partida el‚trica). Pre‡o p£blico sugerido, posto Manaus de R$ 7.167,00 (XTZ 125XK) e R$ 7.961,00 (XTZ 125XE).

No entanto, vale a pena conhecer a MT-03, que tem o mesmo motor da XT 660, uma streetfighter, naked com visual urbano e moderno. Na dianteira o conjunto ¢ptico nÆo chega a lembrar o da sua irmÆ maior, a MT-01, mas traz o mesmo estilo. Fabricada em Manaus, ela deve chegar …s ruas em fevereiro de 2008 custando cerca de R$ 27 mil.

Starplast
Sensacional e muito diferente o novo modelo de capacete Bieffe, fabricado pela Starplast, o SI Arabesque. Al‚m dele, a Starplast est  lan‡ando no SalÆo o SI Spider, o SJ Female e novas versäes da linha Sport. Todos muito confort veis e dentro das normas de certifica‡Æo obrigat¢rias. A linha da Starplast tem pre‡os que vÆo de R$ 150,00 a R$ 500,00.