DSC_8617

Fortim (CE): um paraíso formado por praias, rio e mangues

Fortim é uma excelente opção tanto para um passeio de domingo como para alguns dias dedicados a descobrir a região

Fortim é uma excelente opção tanto para um passeio de domingo como para alguns dias dedicados a descobrir a região

O Forte São Lourenço, que depois chamou-se Forte Nova Lisboa ou Nova Lusitânia foi fundado por Pero Coelho de Souza, quando retornou de sua desastrada ‘Expedição de 1603’, que deveria percorrer o itinerário Paraíba-Ibiapaba. No retorno da ‘Expedição de 1603’, abatido e com seu exército destroçado, acampou no mesmo local com o que sobrou dos seus mais de 200 homens – apenas dezoito soldados feridos, sua companheira D. Maria Tomázia e cinco filhos menores. Antes de rumar para a Fortaleza dos Reis Magos, em Natal, deixara como lembrança histórica, além do Forte, algumas peças de artilharia. Nascia desse desastre o Fortinho, lugar posteriormente batizado de Fortim e junto com ele a devoção a Nossa Senhora das Dores.

A Igreja na qual se entra pelo altar das dores.

A cidade com a construção da igreja de Nossa Senhora das Dores. Conta a lenda que a igreja foi erguida de frente para o Rio Jaguaribe. A vila se estendia até à beira do rio e assim a cidade cresceu – do rio para o sertão, e as casas começaram a ser erguidas atrás da igreja.

Como tudo no Brasil daquela época era regido pela fé e seus desdobramentos, uma superstição fez com que os devotos da santa temessem que o espaço ocupado pelas novas residências lhes trouxesse algum tipo de castigo. Então, como não tinha mais como destruir as casas, deram um jeitinho e para não perder as bênçãos da padroeira abriram portas no fundo da igreja e construíram uma pracinha. É por trás do altar, que hoje é a frente da igreja, em que os fiéis entram para assistir à missa.


Crendice ou não, o fato é que Fortim cresceu e prosperou às margens do “maior rio seco do mundo”, o Rio Jaguaribe, que percorre 600 quilômetros até chegar à sua foz na cidade de Fortim.

Com pouco mais de 15 mil habitantes, Fortim tem aquela cara de cidade que parou no tempo e esse é o charme do lugar. Mangues incríveis, praias, rio; tudo muito lindo, conservado e protegido da especulação imobiliária. Fortim é ainda um ótimo lugar para pescaria esportiva.

O Presídio Massaió

A praia principal da cidade é conhecida como Pontal de Maceió, mas nada tem a ver com a capital das Alagoas. Na realidade assim se chama por que antes tinha um presídio que estava localizado ao lado da Foz do Jaguaribe.  O Presídio do morro de Massaió localizava-se na margem direita da foz do rio Jaguaribe, atual praia do Pontal do Maceió. O presídio foi erguido com a função de vigilância daquele trecho do litoral, para combater as atividades de contrabando (Barretto, 1958:95).

Como Chegar

Como chegar

Como chegar

Partindo de Fortaleza, siga pela CE-040, a estrada preferida por motociclistas cearenses. Até Beberibe (CE), a cerca de 80 km de Fortaleza, o moto turista percorre todo trecho em pista dupla e muito bem sinalizada. Em Beberibe vale a pena uma parada no Vento Leste, que fica à beira da estrada, para um café da manhã. Lá irá encontrar muitos motociclistas se a sua opção foi sair no domingo pela manhã. Outra sugestão é o Hotel das Falésias que fica na Praia de Falésias, em Beberibe. Além de um ótimo café da manhã você ainda desfruta de uma vista incrível. Aproveite para tirar fotos e tomar um banho nas suas fontes de água doce à beira-mar.

Chegar ao Fortim é fácil. Fica logo depois de Parajuru, uns 15 km, e logo à entrada você verá um pórtico em formato de farol. Na Praça da Igreja pegue direção ao Pontal de Maceió. Daí em diante é só seguir as placas.

Onde ficar?

Há várias e boas opções. Uma delas é o Hotel Vila Selvagem. Acomodações (apartamentos ou bangalôs) com varanda ampla e vista para o mar – decorados com sobriedade e refinamento, o que não deixa de ter luxo. O “Vila Selvagem”  tem em suas paredes continuamente exibidas obras dos mais talentosos artistas contemporâneos do cenário internacional. Tem ainda um restaurante, banhado pelo oceano e de frente para as típicas jangadas dos pescadores de lagostas.

Passeios

Não deixe de realizar o passeio de barco pela Foz do Jaguaribe. É simplesmente fantástico ver a exuberância do mangue e com sorte, se fizer amizade com pescadores, pode até se embrenhar no mangue para pegar frutos do mar e caranguejos. Recomendo fazer o passeio pela manhã e à tarde fretar um buggy e curtir o por do sol no Farol do Fortim. Há ainda passeio à cavalo. Enfim, diversão para todos os gostos.

Gastronomia

 

Ao fundo a igreja que cuja a entrada ocorre pela parte destinada ao altar

Ao fundo a igreja que cuja a entrada ocorre pela parte destinada ao altar

É possível degustar frutos do mar em todas as barracas e restaurantes. Há grande variedade de pratos saborosos que aliados à vista deslumbrante deixam um sabor inesquecível.

Passeio de barco pela Foz do Rio Jaguaribe

Passeio de barco pela Foz do Rio Jaguaribe

Fortim é uma excelente opção tanto para um passeio de domingo como para alguns dias dedicados a descobrir a região. Deixe a moto estacionada e aproveite o lugar.

Vale muito a pena!

 


Agradecimentos – Newroad Harley-Davidson Fortaleza(CE) e Make Safe – Alarmes presenciais.



Motociclista desde os 18 anos. Jornalista e apaixonado por motos desde que nasceu.