cbm_supermoto_1710

Francisco Velasco assume a liderança do Brasileiro de Supermoto

O paulista Francisco Velasco é o novo líder do Campeonato Brasileiro de Supermoto 2011. Natural da cidade de Santos/SP, Chiquinho venceu as duas baterias realizadas neste fim de semana, em Itumbiara/GO, na 3ª etapa da competição, e assumiu o primeiro lugar na classificação da categoria SM1, a principal da modalidade. Juliano Meira foi o segundo colocado na etapa, com Alexandre Campos em terceiro.

Na primeira bateria Velasco largou na terceira fila, mas ainda na primeira curva conseguiu a segunda posição. Aos oito minutos conseguiu tomar a ponta e se manteve ali até a bandeirada final. Na segunda bateria, o paulista também não demorou muito para alcançar a liderança e a vitória. Agora, Velasco soma 132 pontos na liderança, contra 120 de Rafael Fonseca, atual campeão brasileiro. Meira é o terceiro colocado com 110 pontos.

Na categoria SM2, o goiano Kurt Feichtenberger segue imbatível. Feichtenberger venceu à sua sexta vitória no campeonato e agora soma 150 pontos na classificação geral. A paulista Sabrina Paiuta, que foi a segunda em Itumbiara, também está em segundo na classificação, com 130 pontos. Rafael Almeida foi o terceiro colocado na prova. Yoshinoti Noda venceu na SM3, André Luiz Barbosa na SM3 Incentivo, e Luciano Milazzo na SM4. Os três lideram a briga pelo título na classificação geral de suas respectivas categorias.

A 3ª etapa do Brasileiro de Supermoto, válida também pela 7ª etapa do Campeonatos Goiano, foi uma realização da Federação de Motociclismo do Estado de Goiás (FMG), com supervisão da própria FMG e da Confederação Brasileira de Motociclismo (CBM).

Resultado da 3ª etapa do Brasileiro:

SM1 = 1º – Francisco Velasco – 50 (25, 25)
2º – Juliano Meira – 42 (20, 22)
3º – Alexandre Campos – 38 (22, 16)
4º – Avenir Vilela – 36 (18, 18)
5º – Laszlo Piquet – 31 (16, 15)

SM2 = 1º – Kurt Feichtenberger – 50 (25, 25)
2º – Sabrina Paiuta – 42 (20, 22)
3º – Rafael Almeida – 42 (22, 20)
4º – Lindomar Santos – 36 (18, 18)

SM3 = 1º – Yoshinori Noda – 50 (25, 25)
2º – Wagner Pavaneli – 42 (20, 22)
3º – Emerson de Menezes – 42 (22, 20)
4º – Andre Luiz Barbosa – 36 (18, 18)
5º – Joao Feliciano Carneiro – 32 (16, 16)

SM3 Incentivo = 1º – Andre Luiz Barbosa – 50 (25, 25)
2º – José de Barros Neto – 42 (22, 20)
3º – Murilo Bailão – 37 (15, 22)
4º – Christiane Bailão – 36 (20, 16)
5º – Divino da Silva – 34 (16, 18)

SM4 = 1º – Luciano Milazzo – 50 (25, 25)
2º – Simao Lawamt – 44 (22, 22)
3º – Uanderson Menezes – 38 (20, 18)
4º – Marcio do Carmo – 35 (15, 20)
5º – Rui Borges – 34 (18, 16)

Classificação do Brasileiro de Supermoto 2011:

SM1 = 1º – Francisco Velasco – 132 pontos
2º – Rafael Fonseca – 120
3º – Juliano Meira – 110
4º – Kurt Feichtenberger – 94
5º – Kleber Justino – 80

SM2 = 1º – Kurt Feichtenberger – 150 pontos
2º – Sabrina Paiuta – 130
3º – Lindomar Santos – 112
4º – Rafael Almeida – 42
5º – Paulo de Araujo – 40

SM3 = 1º – Yoshinori Noda Filho – 150 pontos
2º – Wagner Pavaneli – 123
3º – Andre Luiz Barbosa – 118
4º – Emerson de Menezes – 102
5º – Celso Luis Moreira – 90

SM3 Incentivo = 1º – Andre Luiz Barbosa – 150 pontos
2º – Christiane Bailão – 110
3º – Murilo Bailão – 81
4º – José de Barros Neto – 42
5º – João Feliciano – 38

SM4 = 1º – Luciano Milazzo – 147 pontos
2º – Marcio do Carmo – 126
3º – Simao Lawamt – 120
4º – Uanderson Pereira – 106
5º – Lindomar Santos – 95