O MiniMAB em funcionamento em um pequeno scooter; mais segurança na frenagem de emergência

Freio ABS virou equipamento popular

A Semana Nacional do Trânsito nos faz lembrar que a partir de 2019 todas as motos nacionais e importadas deverão ter ABS ou CBS (Sistema de freio combinado). E já que os dois assuntos tem íntima relação, queremos mostrar como a evolução tecnológica contribui decisivamente para nossa segurança, inclusive nas motos mais simples e despojadas.

Colocar uma moto em movimento e até atingir altas velocidades é bem simples. Parar é que costuma ser o problema, sobretudo com segurança e em situações inesperadas. Se até um dado momento a evolução tecnológica se preocupou em fazer as motos andarem cada vez mais e mais rápido, em certo momento a preocupação passou a ser no sentido contrário, ou seja, parar a moto.

Este é o MiniMAB, da Continental, o módulo de ABS para uma via, ou seja, apenas a roda dianteira, que está disponível para todas as motos, inclusive as pequenas

Este é o MiniMAB, da Continental, o módulo de ABS para uma via, ou seja, apenas a roda dianteira, que está disponível para todas as motos, inclusive as pequenas

E também nesse sentido a notável evolução tecnológica incorpora nas motocicletas sistemas que aumentam a segurança para que se possa parar a moto com segurança, sobretudo numa situação emergencial. E junto com essa preocupação da indústria, surgiu também a legislação para atuar em conjunto no sentido de reduzir os riscos de acidentes com motocicletas e motociclistas.

Por isso as motocicletas equipadas com motor até 300 cm³ de capacidade cúbica produzidas no Brasil (importadas também) a partir de 1º de janeiro de 2019 deverão ter obrigatoriamente CBS (Combined Brake System – freio combinado) ou ABS (Sistema Anti-Bloqueio das rodas). Para as motos equipadas com motores acima disso, desde 2017 a obrigatoriedade é que tenham ABS.

Para cumprir esta nova obrigação, a indústria de autopeças e de motocicletas vem se preparando já há alguns anos. E o que antes era para poucas motos, agora já está bem mais acessível. A popularização destes sistemas é uma realidade, mas 95% da frota de motos que circula nas ruas e estradas do Brasil é composta por motos que não tem CBS ou ABS.

O MiniMAB em funcionamento em um pequeno scooter; mais segurança na frenagem de emergência

O MiniMAB em funcionamento em um pequeno scooter; mais segurança na frenagem de emergência

ABS ajuda a evitar acidentes

No Brasil ainda não há estatística sobre o assunto, mas o Ministério dos Transportes Rodoviários da Índia, segundo maior mercado de motocicletas do mundo com vendas acima de 8 milhões de motos por ano, 26% dos acidentes envolvendo motocicletas poderiam ter sido evitados se elas fossem equipadas com freios com ABS.

Menezes: ABS tornou-se equipamento popular

Menezes: ABS tornou-se equipamento popular

Em diversos países da Ásia, aliás, o número de motocicletas nas ruas triplicou nos últimos anos. Claro, a maioria são motos pequenas e mais básicas, CUBs e Scooters, além do grande número de versões antigas. Por lá, simplesmente os dois maiores mercados de motocicletas do mundo, China e India, tornaram obrigatório que toda motocicleta equipada com motor a partir de 125 cm³ de capacidade cúbica seja equipada com freios ABS. A medida foi tomada por conta do alto número de acidentes envolvendo veículos de duas rodas e da confirmação de estudos apontando que boa parte deles poderia ser evitado caso as motocicletas tivessem ABS.

Os mesmos estudos apontam que o momento da frenagem é crítico e representa a maior parcela dos acidentes. “No mundo todo, mais da metade dos acidentes de trânsito com vítimas fatais envolvem motocicletas e por isso é de extrema importância que essa obrigatoriedade aconteça”, afirma Fabricio Menezes, do centro de pesquisa e desenvolvimento de sistemas de freios da Continental.

A empresa desenvolveu um sistema simples e acessível para todos os modelos e segmentos de motocicletas, criando uma solução eficiente, sobretudo para motos pequenas. A Continental ainda não fornece a nenhum dos fabricantes brasileiros instalados aqui em Manaus (AM), mas nos mercados da Ásia, sobretudo na India, muitas motos pequenas já saem de fábrica com o ABS MiniMAB da Continental. “Nosso produto já está à disposição da indústria aqui no Brasil também e trata-se de um sistema de freio ABS de um canal para a roda dianteira da moto, chamado de MiniMAB, com estrutura pequena e que atende a todos os tamanhos de motocicletas, inclusive aqueles modelos mais básicos”, informa Menezes.Separador_motos



Sidney Levy

Motociclista e jornalista paulistano, une na atividade profissional a paixão pelo mundo das motos e a larga experiência na indústria e na imprensa. Acredita que a moto é a cura para muitos males da sociedade moderna.