Gasolina e álcool mais caros. Outra vez

Os pre‡os do combust¡veis sobem no pr¢ximo domingo no Rio de Janeiro, Distrito Federal e em 11 estados, por causa da mudan‡a na base de c lculo do ICMS.

Em SÆo Paulo, os pre‡os nÆo serÆo reajustados, pois o estado est  fora da f¢rmula de reajuste. Al‚m do Rio e do DF, os reajustes vÆo afetar Santa Catarina, Acre, Amazonas, Goi s, MaranhÆo, Minas Gerais, Par , Para¡ba, Piau¡, Sergipe e Tocantins. Em Alagoas, Amap , Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pernambuco e Roraima, os pre‡os ficarÆo est veis.

O Sindicato do Com‚rcio Varejista de Combust¡veis do Rio- Sindcomb divulgou que o pre‡o do litro de gasolina deve subir R$ 0,03, passando a custar, em m‚dia, R$ 2,244 nas bombas. O diesel ficar  R$ 0,005 mais caro, e o  lcool hidratado, R$ 0,044.

No dia 1§ de fevereiro os pre‡os da gasolina subiram por conta da redu‡Æo da mistura do  lcool anidro na gasolina de 25% para 20%. Al‚m disso, os usineiros reajustaram o pre‡o do  lcool anidro de R$ 0,80 para mais de R$ 1,10, segundo o Sindcomb. A cada 15 dias, a Secretaria Estadual de Fazenda do Rio pesquisa pre‡os dos combust¡veis nos postos e apura um valor m‚dio. De acordo com esse pre‡o, que ficou mais alto nos £ltimos dias por causa da mudan‡a na composi‡Æo do combust¡vel e do reajuste do  lcool, a base de c lculo do ICMS ‚ atualizada.

No ano, este j  ‚ o quarto reajuste no pre‡o da gasolina, que subiu 14,4% no per¡odo. O pre‡o de referˆncia do combust¡vel usado pelo governo para o c lculo do ICMS passou de R$ 1,961 na segunda quinzena de dezembro para R$ 2,214 na £ltima pesquisa da Secretaria Estadual de Fazenda. Com o reajuste previsto de R$ 0,03, o pre‡o deve passar, em m‚dia, para R$ 2,244.

As sucessivas altas do combust¡vel sÆo resultado de uma conjun‡Æo de fatores. Em dezembro, a Petrobras aumentou o valor cobrado pela gasolina nas refinarias. Em janeiro, os usineiros reajustaram o pre‡o do  lcool anidro. Esses dois aumentos mudaram a base de c lculo do ICMS, que j  foi atualizado quatro vezes esse ano (1§ de janeiro, 16 de janeiro, 1§ de favereiro e 16§ de fevereiro).

Soma-se a isso o aumento da al¡quota do ICMS de 30% para 31%, a maior do pa¡s, determinado no dia 10 de janeiro pela governadora do Rio, Rosinha Matheus; e a recente redu‡Æo de 5% do  lcool na composi‡Æo da gasolina.