Governo anuncia mais incentivos para venda de motocicletas

A partir de 1º de janeiro de 2010 as motocicletas até 150 cc de cilindrada terão alíquota zero do Cofins. A medida foi anunciada hoje pelo ministro da Fazenda, Guido Mantega e vigorará até 31 de março. Em troca deste estímulo, os fabricantes prometem manter o nível de emprego do segmento.

O ministro informou que esta medida representa uma renúncia fiscal de R$ 54 milhões. Mantega disse que esta é uma medida emergencial para ajudar o setor que ainda não recuperou o patamar de vendas anterior à crise mundial.

A redução da Cofins está acompanhada de uma linha de crédito para financiamento de motocicletas pela Caixa Econômica Federal e pelo Banco do Brasil de R$ 3 bilhões. A Abraciclo informou que com estas medidas espera recuperar o setor, que deve fechar 2009 com uma queda de 18%. O setor espera crescer 14% no próximo ano em 2010.