Governo de SP entrega 189 viaturas para o Corpo de Bombeiros

Evento faz parte das comemorações do 131º aniversário da corporação

Na véspera de completar 131 anos, o Corpo de Bombeiros recebeu do governador Geraldo Alckmin e da Prefeitura da capital 189 novas viaturas.

São caminhões auto-bomba, unidades de resgate, motos 250 cc, auto-tanques, Guarnições Educativas de Bombeiros (GEBs), viaturas tipo hatch e sedan, cavalos-mecânicos e chassis para montagem de novos caminhões. As viaturas custaram R$ 14,3 milhões ao Estado e à Prefeitura.

“Hoje é uma data muito especial porque o Corpo de Bombeiros de São Paulo está completando 131 anos. Ele nasceu em 1880, com 20 bombeiros, e hoje são 10 mil homens e mulheres, com tecnologia de ponta, equipamentos sofisticados, atendendo 600 mil ocorrências por ano e, de acordo com o Instituto Ibope Inteligência, é a instituição de maior credibilidade do País”, afirmou o governador.

Do total de 189 veículos, 172 foram adquiridos pelo Governo do Estado e 17 pela Prefeitura. O Estado investiu R$ 11,43 milhões na aquisição das novas viaturas. O município gastou R$ 2,91 milhões. Ficarão na capital paulista 52 viaturas, que serão distribuídas às unidades dos bombeiros dos seguintes bairros: Sé, Cambuci, Campos Elíseos, Vila Maria, Casa Verde, Mooca, Belém, Butantã, Guarapiranga e Capão Redondo.
Os demais 137 veículos serão distribuídos por todo o Estado. Na Grande São Paulo, serão destinados aos municípios de Franco da Rocha, Guarulhos, Mogi das Cruzes, Santo André, São Bernardo do Campo, Barueri e Osasco. Na Baixada Santista, as viaturas irão para o Guarujá (Vicente de Carvalho), Bertioga, Praia Grande e Santos.
No interior, os veículos renovarão as frotas dos bombeiros nas cidades de Espírito Santo do Pinhal, Americana, Campinas, Jundiaí, Valinhos, Bragança Paulista, São José dos Campos, Taubaté, Sertãozinho, Ribeirão Preto, Franca, São José do Rio Preto, Araraquara, Marília, Bauru, Araçatuba, Penápolis e São José do Rio Preto.
Nova legislação