Governo Federal Aprova Linha de Crédito de R$ 100 milhões para o Setor de Duas Rodas

Abraciclo comemora liberação da verba para o segmento dos motofretistas em ação conjunta da entidade, o Sindimoto e a Força Sindical

A Abraciclo, Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares, comemora a liberação de linha de crédito de R$ 100 milhões para o segmento dos motofretistas – profissionais credenciados a desenvolverem atividades remuneradas para transporte de cargas e documentos através de motocicletas ou motonetas. A decisão aconteceu hoje, 27 de maio, em reunião do Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador, Codefat, realizada em Brasília.

A verba torna-se disponível às instituições financeiras oficiais federais pelo Fundo de Amparo ao Trabalhador, FAT, e é destinada aos motofretistas que quiserem adquirir veículos de duas rodas zero quilômetro até 150 cc, equipados com itens de segurança regulamentados pelo Código Nacional de Transito, Contran.

Cada motofretista pode financiar até 100% do valor do veículo, em 24, 36 ou 48 meses, respeitando o teto financiável de até R$ 8.500,00.

De acordo com Moacyr Alberto Paes, diretor executivo da Abraciclo, a linha de crédito é um forte incentivo para a categoria dos motofretistas, pois proporciona melhorias na condição de trabalho dos profissionais do segmento e colabora para a modernização da frota.

“A Abraciclo comemora esta decisão do governo federal junto aos parceiros do Sindimoto e da Força Sindical. A liberação da linha de crédito de R$ 100 milhões é prova de que o trabalho conjunto entre as entidades e os órgãos competentes traz apenas bons resultados para o setor motociclístico nacional”, comenta Paes.

Depois de aprovado, o recurso de R$ 100 milhões aguarda agora os trâmites administrativos para ser repassado do FAT às instituições financeiras.