Rafael Bertagnolli, líder da GP 600 no GP Gaúcho de Motovelocidade

GP Gaúcho de Motovelocidade: 2ª etapa é neste final de semana

O GP Gaúcho de Motovelocidade está com tudo pronto para a realização da segunda etapa, marcada para este final de semana (5 e 6) no Autódromo Internacional de Santa Cruz do Sul (RS). Pilotos de categorias para motocicletas que vão de 125 a 1000 cilindradas vivem a expectativa de acelerar em busca de valiosos pontos na temporada.

Rafael Bertagnolli, líder da GP 600 no GP Gaúcho de Motovelocidade

Rafael Bertagnolli, líder da GP 600 no GP Gaúcho de Motovelocidade

Rafael Bertagnolli saiu na frente na briga pela categoria GP 600 em Guaporé, palco da primeira etapa no início de setembro, e pretende manter a liderança. “Estou trabalhando no acerto da moto e espero colocar em prática o que tenho feito nos treinos. A categoria está em um nível bom e a organização do GP Gaúcho acertou em fazer um grid único para as motos da GP 600”, disse o piloto de Santa Maria, que defende o título da classe.

Estreante no GP Gaúcho, Marcelo Dahmer, da Turismo 1000, pretende manter a boa fase. “Não esperava ter vencido em Guaporé, pois só havia andado duas vezes lá antes da corrida. Vi que a vitória é possível e quero continuar ganhando”, comentou o representante de Três de Maio. “A pista de Santa Cruz é mais técnica e exige bastante dos pilotos”, acrescentou. O circuito possui 3.530 metros e roda em sentido anti-horário, sendo famoso por atrair grande público.

Na GP 1000, Robson Portaluppi é o competidor que estará em busca de manter-se invicto na competição. Os outros pilotos que buscam a segunda vitória no GP Gaúcho são Rogério Gentil (GP 1000 Old Challenge), Eduardo Folle (GP Light), Elder Cabreira (GP Light Old Challenge), Luis Henrique Zottis (Turismo 600), Juliana Dalmas (Turismo 600 Feminina), Hebert Pereira (250cc), Rafael Portaluppi (300cc), Ernani Moraginski (250cc Old Challenge), Sérgio Correa (300cc Old Challenge), Helencris da Silva (300cc Feminino), e Vagner Pavoni (GPR 125cc).

Ingressos – Os fãs da velocidade podem adquirir a credencial que dá acesso à área interna do Autódromo, que custa 15 reais com direito a estacionamento (10 reais antecipadamente). Motociclistas da AMO-RS pagam cinco reais por pessoa pelo mesmo acesso, com estacionamento da moto. O ingresso para as arquibancadas custa cinco reais no domingo.

Programação:

Sábado – 5/10
08h30 às 11h50 – Treinos livres
12h00 – Breefing
13h00 às 13h45 – Treinos livres
13h55 às 15h50 – Treinos cronometrados
16h15 – Prova – GPR 125 (11 voltas)
17h05 – Prova – GPR 300 (11 voltas)

Domingo – 6/10
09h10 às 10h45 – Warm-up
11h00 – Breefing
12h10 – Prova – GPR 125 (11 voltas)
13h00 – Abertura oficial
13h30 – Prova – GPR 250 e GPR 300 (11 voltas)
14h20 – Prova – GP 1000 e GP Light (15 voltas)
15h10 – Prova – GP 600 e Fórmula Turismo 600 (15 voltas)
16h00 – Prova – Fórmula Turismo 1000 (11 voltas)