Grupo navegará 250 km por dia

Grupo vai de Floripa a Angra com motos aquáticas

Um grupo de 13 motos aquáticas vai encarar o desafio batizado de “Da Ilha às Ilhas”, formado por 1000 quilômetros de percurso marítimo. As embarcações sairão da capital catarinense com direção a Ilha Grande, um paraíso ecológico situado nas águas do litoral fluminense, em Angra dos Reis. Por conta do mar agitado, a previsão é de que o grupo deixe a capital catarinense entre sexta-feira e sábado.

Grupo navegará 250 km por dia

Grupo navegará 250 km por dia

“Vamos acompanhar diariamente os níveis de ondulação, para fazer uma travessia segura. A largada seria inicialmente nesta quinta-feira, mas as condições não são faváveis ainda, inclusive a Capitania dos Portos recomendou que as embarcações encostassem”, comentou Edemilson Leite, organizador da aventura.

Ele sabe o que os aguarda no caminho. “Além de um belo visual, queremos desfrutar o equipamento e o que ele pode nos proporcionar, como a sensação de liberdade, de força e de confiança na máquina. De quebra, ainda iremos fortalecer a amizade do grupo”, explicou Leite.

O grupo de amigos inclui empresários e administradores de Santa Catarina e do Paraná, todos com bastante gosto pela aventura. Eles planejam percorrer cerca de 250 quilômetros por dia, o que representa entre cinco e seis horas de navegação, além de duas ou três paradas para abastecimento. Os pernoites estão programados para Ilha do Mel (PR), Peruíbe (SP), Ilhabela (SP) e Ilha Grande (RJ), completando quatro dias de travessia, caso o tempo e as condições do mar colaborem.