Há muitos anos faço trilha, e faço por pura diversão

Acordar cedo em pleno fim de semana, pegar a motoca, encontrar os amigos, e tentar transpor obst culos que muitas vezes rendem boas risadas, guidäes entortados e at‚ mesmo algumas escoria‡äes fazem parte da minha vida.

Como a maioria dos treieros, me sinto definitivamente um ser diferente. Gosto de barro, de lama, de lugares casca grossa, com subidas, pedras, rios, mata fechada, enfim, lugares que me desafiem a passar com a cabrita onde gente comum jamais imaginaria sequer passar a p‚!

Meu dia a dia como o seu, muitas vezes ‚ povoado por Viox, Dorflex, e antiinflamat¢rios de toda natureza. Sem falar nas visitas b sicas a ortopedistas, traumatologistas, al‚m das aplica‡äes de acupuntura para tentar colocar no lugar a pobre espinha judiada pelos tombos, quiques e manobras de prego…ehehehehe

Tenho sentimentos muito distintos que muitas vezes nem meus pr¢prios familiares entendem, mas dos quais vocˆ certamente compartilha. Vai dizer que nunca se viu em plena segunda-feira ansioso, ligando ou passando e-mail aos amigos para saber onde vai ser a trilha do final de semana seguinte? Nunca ficou acordado a noite toda s¢ esperando o dia seguinte por aquele momento especial que ‚ o de estrear uma moto nova, ou mesmo de largar numa prova de enduro?

Pois ‚, mas hoje ‚ segunda-feira e pela primeira vez na minha vida de treiero acordei com um sentimento diferente. Acordei frustrado! Infelizmente nÆo ‚ aquela frustra‡Æo saud vel de nÆo ter conseguido passar pela subida casca grossa, muito menos ‚ aquela por ter ca¡do no meio do PEL e ter jogado fora uma boa posi‡Æo no campeonato ou numa Copa qualquer.

Minha frustra‡Æo ‚ por ter sido mais uma v¡tima da VIOLÒNCIA URBANA!
Dia: S bado – 10/7/2004
Local: Alphaville/SP – Morro do CarlÆozinho quando bifurca, parte esquerda. Acesso … descida que leva direto a estrada de cascalho antes do Oleoduto
Hor rio: por volta das 11:15 h
Circunstƒncias: Est vamos em 6 ( Karen, Fiore, Marco, Junior RodrigÆo e eu).

Chovia e j  hav¡amos passado 3 motos do enrosco, faltando as outras 3. Fiore e Karen aguardavam os outros 4 quando do nada foram rendidos por 3 caras aparentando ser menores, sendo que 2 estavam armados. POIS Ô, ASSALTO!!!! Ap¢s muita negocia‡Æo levaram somente $$$, 1 celular e parte dos equipamentos da galera. O importante entretanto ‚ que sa¡mos todos bem, e com nossas motos.

O relato acima ‚ muito mais no sentido de Alerta a todos aqueles que, como eu, adoram o APLHAVILLE. Quando forem andar por l , MUITO CUIDADO!!!

Valeu, boa semana, muito barro nos olhos e que nunca tenham que ficar FRUSTRADOS como estou agora!