Foto: Luis Gondim, organizador da prova e Sandro Hoffmann vencedor do III Enduro dos Guimarães

Hoffman e Bombarda foram os grandes campeões do III Enduro dos Guimarães

Foto: Luis Gondim, organizador da prova e Sandro Hoffmann vencedor do III Enduro dos Guimarães

Foto: Luis Gondim, organizador da prova e Sandro Hoffmann vencedor do III Enduro dos Guimarães

O piloto capixaba, Sandro Hoffmann, foi o grande vencedor da terceira edição do Enduro dos Guimarães, aconteceu dias 12 e 13 em Cuiabá-MT.

O mato-grossense Armistom Bombarda, foi o melhor mato-grossense colocado, e levou o primeiro lugar do campeonato Estadual de Enduro, categoria máster e o sexto no nacional. Ênio Soares, da over 40, ficou em quinto no brasileiro, na sua categoria e em primeiro no Estadual. Organizadores, patrocinadores, pilotos e acompanhantes reuniram-se na noite de ontem (13.07) para assistir a premiação da prova, no Café Cancun.

Durante a cerimônia, foram premiados com troféus os três primeiros colocados de cada categoria do Mato-grossense de Enduro e no Brasileiro, os dez primeiros colocados da Novatos e da Júnior, os cinco primeiros da Over 40 e da Sênior e os três primeiros colocados na Máster.

A solenidade começou com o Diretor Nacional de Enduro de Regularidade, Paulo Melo, discursando sobre o campeonato. Melo destacou que o mais importante não é a quantidade, mas sim a qualidade dos pilotos que participam dessas provas. Quanto ao campeonato de Enduro, ele afirmou que essa é uma competição -made in brazil-, que está crescendo na qualidade e alcançando cada vez mais reconhecimento. “Mais uma vez o Fernando e a Federação Mato-grossense estão de parabéns”, finalizou.

O presidente da FMMT, Nelson Roberto Campos, também elogiou o campeonato. Segundo ele, Luiz Fernando Gondim e Aroldo, em parceria com a Federação, como coadjuvante, estão realizando trabalhos importantes para as provas mato-grossenses.”Quero também agradecer aos pilotos dos outros Estados que compareceram”, completou.

O campeão da prova na principal categoria foi o piloto capixaba, Sandro Hoffmann. De acordo com ele, a briga só vai terminar realmente na última etapa, pois em cada prova é um que ganha, a diferença é de segundos. “Duelar sempre, desistir jamais!”, afirmou Hoffmann.

O piloto de Lavras, Dário Julio, líder do campeonato na categoria Máster, ficou em segundo lugar no Guimarães. A diferença entre ele e o segundo colocado agora é de 17 pontos. “A prova foi excelente! Organização perfeita. Mais uma vez foi um show de prova”, afirmou Dario.

Na categoria Over 40, mereceram destaque os pilotos mineiros Heleno Gontijo, que ficou em primeiro lugar, e Amilar Rodrigues, segundo colocado na prova, mas líder do campeonato Brasileiro.

“A gente procura fazer um trabalho para integrar todos os pilotos. Gostaria de fazer uma prova cada vez melhor. Espero ter agradado à todos”, encerrou o organizador e diretor da prova, Luiz Fernando Gondim.

Mato-grossenses no Brasileiro – Na prova do Enduro dos Guimarães, válida para a 13ª e 14ª etapas do Campeonato Brasileiro de Enduro de Regularidade, 6ª Etapa do Campeonato Mato-grossense de Enduro nas categorias Novatos, Júnior e Sênior, os mato-grossenses pontuaram tanto no campeonato Estadual quanto no Brasileiro.

Na categoria Novato quem se deu bem foi o piloto Fábio Beal, de Sorriso, que ficou em primeiro lugar. Marcelo Laurente, de Nova Mutum, ficou em segundo e em terceiro, Marcelo Sangion, também de Sorriso.

Fábio, 28 anos, participou pela primeira vez do Enduro dos Guimarães e contou que a Novatos teve um nível de dificuldade bom. “Eu estava com medo da prova porque os outros pilotos diziam que era difícil. Fácil não é, mas vale a pena”, completou.

Já na categoria Júnior, o primeiro, segundo e terceiro lugares foram respectivamente dos pilotos Carlos Rafael Sessi, de Nova Mutum, Paulo Roberto da Silva, de Várzea Grande e Clóvis Furlan, de Primavera do Leste.

O piloto Milvo Marcelo Prevedello, de Primavera, foi campeão na Sênior, seguido por Thadeu Adorno e Wagner Miranda de Castro, ambos de Cuiabá.

O piloto mato-grossense Enio Soares dos Santos, da Over 40, ficou em quinto no Brasileiro e foi campeão no Estadual. O segundo colocado foi Valdomiro Garcia da Silva, de Sapezal, e o terceiro Marco Antônio Dotto, Campo Verde.

O mato-grossense Armiston Cassiano Bombarda ficou em sexto no Brasileiro. No Estadual, categoria máster, Armiston levou o primeiro lugar, e teve o melhor tempo entre os mato-grossenses, seguido de Álvaro Guzzi e Marcelo Pressi.

Os idealizadores das trilhas, Haroldo Martins e Edmilson Campos, diretor técnico e diretor de posto de controle, respectivamente, ficaram satisfeitos com o resultado. Eles revelaram que, após a prova, mesmo com o semblante muito cansado, os pilotos sentem-se satisfeitos em terem conseguido ultrapassar os obstáculos e finalizar o trajeto.