Foto: Kevin Strijbos, piloto Honda no Mundial de Motocros

Holanda abriga a quarta etapa do Mundial de Motocross

Foto: Kevin Strijbos, piloto Honda no Mundial de Motocros

Foto: Kevin Strijbos, piloto Honda no Mundial de Motocros

O circuito de Valkenswaard, em Benelux, dá seqüência à competição com grandes nomes da modalidade

Neste final de semana (25 e 26), o Campeonato Mundial de Motocross chega à Holanda. A prova será disputada pelos maiores pilotos da modalidade no circuito de Valkenswaard, em Benelux, um dos melhores da temporada. Uma grande multidão é esperada para esta etapa. Os treinos livres e cronometrados serão realizados no sábado e as disputas no domingo.

O início da temporada foi emocionante. Após três rodadas, seis diferentes competidores venceram nas duas categorias, o que mostra o equlíbrio da competição. A MX1 é liderada por Antonio Cairoli. Já a MX2 é comandada por Gautier Paulin. Além dos dois primeiros colocados, um grande número de pilotos tem mostrado resultados consistentes.

MX1 – A classe principal da competição promete o mesmo equilíbrio para a etapa da Holanda. A Honda está trabalhando com uma dupla forte de pilotos: Kevin Strijbos e Clemente Desalle, da equipe Martin Honda. Desalle é o nono colocado e depois de um pódio em Faenza garantiu um bom desempenho na terceira fase em Stambul, quando faturou o quinto lugar.

Por outro lado, a equipe CAS Honda teve um início de temporada difícil. Billy Mackenzie quer repetir o sucesso na etapa da Holanda em 2008 quando terminou com o quarto lugar, sua melhor colocação desde que passou a fazer parte da equipe.

MX2 – Gautier Paulin garantiu a liderança da categoria MX2 desde que venceu o GP de Faenza, na Itália. Outro piloto que vem ganhando destaque a cada corrida é Marvin Musquin, da equipe NGS Honda. Os dois franceses buscam tomar distância do restante dos competido res. O piloto da NGS segue com força total. Na etapa anterior, na Turquia, subiu ao pódio com o terceiro lugar, com apenas cinco pontos de diferença para o primeiro colocado, 108 contra 103.

Classificação

MX1

1 – Antonio Cairoli – Itália
2 – Ken de Dycker – Bélgica
3 – David Philippaerts – Itália
4 – Joshua Coppins – Nova Zelândia
5 – Jonathan Barragan – Espanha
6 – Steve Ramon – Bélgica
7 – Tanel Leok – Estônia
8 – Maximilian Nagl – Alemanha
9 – Clement Desalle – Bélgica – Honda
10 – Kevin Strijbos – Bélgica – Honda

MX2

1 – Gautier Paulin – França
2 – Marvin Musquin – França – Honda
3 – Davide Guarneri – Itália
4 – Xavier Boog – França
5 – Zach Osborn – Estados Unidos
6 – Steven Frossard – França
7 – Shaun Simpson – Grã-Bretanha
8 – Nicolas Aubin – França
9 – Khounsith Vongsana – França
4 – Nicolas Aubin – França
10 – Marcus Schiffer – Alemanha