Honda atinge o número 2 milhões de motos flex produzidas

Honda alcança produção de dois milhões de motos flex no Brasil

A Moto Honda da Amazônia acaba de atingir um marco muito importante. Hoje foi comemorada em sua fábrica, em Manaus, a produção da moto flex de número dois milhões. O volume de produção foi alcançado em apenas três anos após o início da comercialização dos modelos flex pela Honda. Em 2009, a empresa foi pioneira ao lançar a CG 150 Titan Mix, primeira moto flex do mundo.

Honda atinge o número 2 milhões de motos flex produzidas em tres anos

Honda atinge o número 2 milhões de motos flex produzidas tres anos

Desde então a Honda vem ampliando ano a ano a sua linha de motos bicombustíveis. Hoje são 4 modelos flex, a NXR 150 Bros, a CG 150 Fan e a Biz 125, além da CG 150 Titan, que juntas representam aproximadamente 60% das vendas da empresa. Apenas em 2012 mais de 470 mil motocicletas flex já foram comercializadas.

O motor flex para motos foi desenvolvido especialmente para atender a demanda do mercado brasileiro, atualmente 4º maior em vendas dentre aqueles onde a Honda atua. O projeto, desenvolvido no Japão com participação de engenheiros brasileiros, também teve como objetivo o desenvolvimento de um motor com o menor impacto possível ao meio ambiente, dada a natureza renovável do etanol e a sua disponibilidade no país. O objetivo foi alcançado e o motor flex desenvolvido pela Honda libera 10% menos monóxido de carbono que o motor movido apenas à gasolina.

Com o sucesso da tecnologia e ótima aceitação dos consumidores brasileiros, a expectativa da empresa é ampliar a linha de modelos nacionais bicombustíveis nos próximos anos.