Honda apresenta avanços em nova versão do Robô Asimo

Honda apresenta avanços em nova versão do Robô Asimo

Honda apresenta avanços em nova versão do Robô Asimo

Tecnologias permitem que uma equipe de rob“s trabalhe coordenadamente; human¢ide tamb‚m ganhou mais autonomia

A Honda acaba de apresentar uma nova versÆo do human¢ide ASIMO (Advanced Step in Innovative Mobility), capaz de agir de forma mais aut“noma e executar tarefas ininterruptamente, atendendo principalmente visitantes que vÆo … sede da Honda no JapÆo.

As novas tecnologias inteligentes permitem que v rios ASIMO trabalhem em conjunto e de maneira coordenada e se movimentem de modo ainda mais suave. Outra novidade ‚ que o rob“, ao perceber o movimento de uma pessoa, pode escolher entre recuar, dando um passo atr s, e gentilmente ceder passagem ou seguir seu caminho se tiver espa‡o suficiente.

Com os avan‡os, a Honda d  mais um passo importante para o desenvolvimento de rob“s human¢ides que possam ser inclu¡dos em um ambiente real, interajam e coexistam com as pessoas.

Detalhes das novas tecnologias:
 Trabalho de equipe: o novo sistema permite que v rios ASIMO dividam tarefas e trabalhem juntos na presta‡Æo de servi‡os …s pessoas. Por exemplo, se um ASIMO est  recarregando sua bateria, outro human¢ide pode, sozinho, determinar que deva substitu¡-lo e assumir as tarefas estabelecidas. Para isso sÆo realizados c lculos simultƒneos de distƒncia e posicionamento de cada rob“, que tamb‚m sÆo capazes de trocar informa‡äes constantemente. Tudo isso para realizar as tarefas de maneira mais eficiente;

 Reconhecendo e ultrapassando obst culos: Uma nova tecnologia inteligente permite ao ASIMO ultrapassar obst culos escolhendo entre recuar e dar passagem (quando nÆo h  espa‡o suficiente) ou desviar e continuar a caminhar, baseando-se nos movimentos de aproxima‡Æo das pessoas. O objetivo ‚, al‚m de evitar a colisÆo com pessoas ou objetos, nÆo bloquear o movimento dos outros;

 Bateria: outra novidade ‚ que a partir de agora o ASIMO pode recarregar sua bateria sozinho, quando necess rio. Ao identificar que sua bateria est  ficando sem energia, ele automaticamente identifica onde est  a nova central de recarga e se dirige at‚ a mais pr¢xima.

 Presta‡Æo de servi‡os: O ASIMO tamb‚m pode desenvolver tarefas como carregar uma bandeja e empurrar um carrinho;

Performance na pr tica – Para testar todas essas tecnologias, o ASIMO ser  colocado … prova em um dos escrit¢rios da Honda, no JapÆo, at‚ o dia 31 de janeiro de 2008, prestando servi‡os aos convidados entre 15h e 17h. Durante esse per¡odo, a empresa estudar  as novas habilidades do human¢ide, como guiar os visitantes e servir refrescos, e tamb‚m como o rob“ lidar  com os desafios de trabalhar num ambiente real.

Ultrapassando os limites da mobilidade – O desenvolvimento dos primeiros modelos de human¢ides (E1, E2 e E3), iniciado pela Honda em 1986, teve o foco voltado para a cria‡Æo de pernas que simulassem movimentos humanos, enquanto na gera‡Æo seguinte (E4, E5 e E6) a meta era manter a estabilidade ao caminhar e subir escadas. Na seqˆncia, cabe‡a, corpo e bra‡os foram adicionados para garantir o equil¡brio e mais funcionalidade.

O primeiro rob“ da Honda, o P1, tinha 1,80 m de altura e pesava 175 kg. O modelo P2 teve o design e o caminhar aprimorados e ganhou movimentos autom ticos via rede sem fio (wireless) e o P3 teve seu “corpo” reduzido para 1,50 m de altura e o peso para 130 kg.

A £ltima gera‡Æo do human¢ide recebeu o nome de ASIMO (Advanced Step in Innovative Mobility). Hoje ele possui 1,20 m e pesa 52 kg, pode caminhar sobre pisos irregulares, com inclina‡Æo ou declive, virar suavemente, subir e descer escadas, alcan‡ar e segurar objetos, acender e apagar um interruptor de luz e abrir e fechar portas.

Al‚m disso, o rob“ compreende e responde a comandos de voz, reconhece fei‡äes de um grupo selecionado de indiv¡duos, pode auxiliar pedestres a atravessar a rua e, utilizando cƒmeras instaladas em seus olhos, mapeia o ambiente, registra a presen‡a de objetos e desvia de obst culos.

Hoje, o ASIMO j  atua como guia tur¡stico em museus e como recepcionista em algumas empresas de tecnologia do JapÆo. Mas, no futuro, o human¢ide poder  ser utilizado em outras tarefas, como no aux¡lio a pessoas com necessidades especiais, fazendo o papel de olhos, ouvidos, mÆos e pernas para esses indiv¡duos.

Algum dia, ainda, ele poder  desempenhar outras importantes tarefas e ajudar na realiza‡Æo de atividades perigosas, como num incˆndio ou no contato com produtos t¢xicos.