Foto: Honda apresenta programa desportivo em Tóquio

Honda apresenta programa desportivo em Tóquio

Foto: Honda apresenta programa desportivo em Tóquio

Foto: Honda apresenta programa desportivo em Tóquio

Os pilotos da HRC voaram directamente de Sepang para a capital nipónica, onde marcaram presença num espectacular evento que marca o início da época.

A sede da Honda Motor Company, na Welcome Plaza em Tóquio, foi esta semana o palco para a apresentação do programa desportivo da marca para 2011, incluindo actividades nacionais e internacionais no motociclismo e automobilismo.

Os três pilotos da Repsol Honda deste ano, Dani Pedrosa, Andrea Dovizioso e Casey Stoner, voaram directamente de Sepang para o evento, o mesmo se passando com o piloto nipónico Hiroshi Aoyama. Também presente esteve Yuki Takahashi, da Gresini Racing Moto2, que representou os pilotos da categoria intermédia, a classe em que a Honda é a fornecedora oficial de motores.

Durante o evento, onde o Presidente e Director Executivo da Honda Motor Company, Takanoby Ito, esteve presente, Dani Pedrosa disse estar “muito satisfeito com o resultado do Teste de Sepang e o estado do ombro após a operação deste Inverno.” No que toca a objectivos para a época, Pedrosa disse que “o mais importante é continuar a trabalhar arduamente e aprender, que é a única forma de melhorar e ir mais longe em cada ano. Espero estar consistente e conseguir bons resultados em todas as corridas.”

Dovizioso explicou que está altamente motivado porque nunca teve “um início de temporada a tão elevado nível. Os tempos obtidos correspondem aos normalmente registados no segundo Teste. Isto demonstra o intenso trabalho levado a cabo pela HRC e todos os pilotos Honda estiveram muito rápidos.”

O australiano Casey Stoner disse estar “muito excitado por estar de regresso à Honda. Fazer parte da formação oficial HRC é como concretizar um sonho de jovem. Deram-me um grande conjunto e isso deixa-me com muitas esperanças antes do início da época.”

Stoner continuou: “É lógico que o principal favorito este ano é o Jorge Lorenzo, o Campeão do Mundo, mas a lista de candidatos este ano é muito longa. O Dani está lá sempre, o Andrea melhorou muito, também temos de falar do Simoncelli depois dos tempos que assinou em Sepang. Há o Spies e, é claro, o Valentino; por isso são muitos os pilotos com esperanças e temos de esperar pela primeira corrida para termos uma ideia clara donde estamos.”