CB500X_6

Honda CB 500X

Qual o valor de X? Essa pergunta matemática costuma ter resposta exata. Com a chegada da CB 500X, terceira versão da sua Família 500, a Honda determina o preço público sugerido – R$23.500,00 na versão Standart e R$25.000,00 na versão com ABS. Mas o verdadeiro valor de X quem vai determinar é o mercado.

Com design ousado, confortável e amigável, a CB 500X deve liderar as vendas da família 500 da Honda

Com design ousado, confortável e amigável, a CB 500X deve liderar as vendas da família 500 da Honda

Dedicada a reter para si 40% do segmento de motos Premium – acima de 450 cc (para a Honda) e acima de 500 cc para o mercado geral – a Honda fez vários lançamentos dentro dos diferentes segmentos e estilos que compõem esta categoria e é com a família 500 que ela pretende alcançar esta meta. A CB 500X que chega agora pretende liderar esta escalada da líder do mercado brasileiro. Não é um mercado expressivo em termos de números, – 4.300 motos por mês em média  -, mas motos grandes são vitrine e atraem consumidores, ajudam a formar a imagem da marca e, melhor que tudo, dá lucro para a fábrica e para o concessionário.

Pequenas aventuras são possíveis por caminhos off-road, mas sem radicalismos

Pequenas aventuras são possíveis por caminhos off-road, mas sem radicalismos

Essa estratégia vem dando bom resultado para todas as marcas que investem nas categorias superiores. Harley-Davidson, Triumph, BMW e Kawasaki sustentam bons números apenas com motos premium. Mesmo a Honda já fazia isso isso antes. E com a chegada da naked CB 500F em  outubro do ano passado e da esportiva CBR 500R em dezembro, a Honda já saltou para 32% de participação. Como a empresa projeta que esta nova moto vá liderar a família em termos de volume, com 8 mil unidades por ano a partir de 2015, fica fácil fazer contas e descobrir que o “X” para a Honda tem um enorme valor, o valor da liderança também nos segmentos premium do mercado brasileiro, a exemplo do que já ocorre nos segmentos de menor cilindrada.

Apesar dos pneus para asfalto, geometria e suspensões ajudam muito nas incursões off-road

Apesar dos pneus para asfalto, geometria e suspensões ajudam muito nas incursões off-road

“Este ano vamos vender aproximadamente 5.700 motos deste modelo que, junto com as irmãs, chegaremos a 16 mil motos da família em 2014″, prevê Marcos Monteiro, gerente de planejamento comercial da Honda. “Temos acompanhado muito de perto o trabalho de nossa rede de concessionários e nossas pesquisas apontam uma grande demanda para motos com estas características, que apresenta atributos diferenciados que misturam a versatilidade para uso urbano, viagens e até aventuras”, fala Monteiro ao justificar sua previsão.

Design inspirado nos modelos maiores

Design inspirado nos modelos maiores

A Honda considera esta nova moto uma crossover, designação para motos que misturam elementos das motos trail, onde as suspensões de maior curso permitem incursões em caminhos não pavimentados, com a agilidade e o conforto das estradeiras. Vale lembrar que este novo conceito já foi tentado no passado pela Yamaha, com a linha TDM, que procurava mesclar as duas melhores características das motos trail e das street. Outra fonte de inspiração da Honda é o setor de automóveis, com o sucesso dos SUVs (Sport Utility Vehicle) que tem jeitão de jipe, mas conforto de sedã.

Com esta característica, a CB 500X atrai consumidores que desejam uma moto versátil e confortável para o dia-a-dia e que mantenha estas virtudes quando for para a estrada. Claro, a possibilidade facilitada de encarar a estrada com conforto e ainda fazer algumas “aventuras” por caminhos off-road é muito atraente. “Este consumidor acha que a moto trail é superdimensionada para o que ele pretende fazer e definitivamente esta não é sua tribo”, explicou Monteiro.

Design inspirado em motos maiores, como a VFR 1200X e NC 700X

Design inspirado em motos maiores, como a VFR 1200X e NC 700X

Na CB 500X, destaca-se na parte visual o conjunto de carenagem de farol exclusiva, seguindo o estilo das motocicletas de propósito aventureiro. Mais alta, com maior curso na suspensão dianteira e maior distância entre eixos do que os demais modelos da nova família, a CB 500X tem desenho inspirado na crosstourer VRF 1200X. O tanque de combustível tem capacidade para 17 litros, incluindo a reserva e a posição de pilotagem é mais ereta e descontraída, com o guidão mais largo e mais alto.

Suspensão dianteira com curso aumentado em 20mm também modifica a geometria para melhor estabilidade em piso ruim

Suspensão dianteira com curso aumentado em 20mm também modifica a geometria para melhor estabilidade em piso ruim

Seu motor é o mesmo com dois cilindros paralelos, quatro tempos e 471 cm³ – DOHC (Double Over Head Camshaft), com duplo comando de válvulas no cabeçote, quatro válvulas por cilindro e arrefecimento a líquido, que desenvolve potência máxima de 50 cv a 8.500 rpm e torque máximo de 4,55 kgf.m a 7.000 rpm. Combinado com o câmbio de 6 marchas, o conjunto se destaca pela suavidade do funcionamento e pela elasticidade das marchas, com o crescimento da velocidade de maneira linear. A entrega de potência do motor é gradual, o que facilita a pilotagem para aqueles que estão encarando motos maiores pela primeira vez.

CB 500X disponível em duas cores: vermelho e grafite, com ou sem ABS

CB 500X disponível em duas cores: vermelho e grafite, com ou sem ABS

A CB 500X compartilha com as outras duas – CB 500F e CBR 500R – 55% dos componentes. Chassi, motor, câmbio, rodas, freios e mais alguns itens. As grandes diferenças estão na parte frontal da moto, na suspensão com 20 mm a mais de curso, com o tanque de combustível também maior (17 litros) e claro, todo o conjunto óptico e de carenagem. Com a suspensão maior na frente, a moto ficou mais alta e com maior entre-eixos, o que lhe dá mais estabilidade em reta e permite encarar melhor os pisos irregulares.

Com isso a geometria toda da moto ficou mais adaptada ao uso trail. O ângulo de rake aumentou em um grau (de 25,5o para 26,5o) e a medida do trail passou de 103 mm para 109 mm. O guidão mais alto e mais largo permite maior controle nas situações de piso ruim e o pequeno pára brisa abre caminho no vento para boas velocidades sem causar cansaço. O banco de duas alturas facilita para levar garupa e duas boas alças junto com o prático bagageiro auxiliam para amarração de bagagem.

Percurso do test ride teve trechos de cidade, estrada e terra

Percurso do test ride teve trechos de cidade, estrada e terra

No test-ride que a Honda proporcionou ao MOTONLINE por um pequeno trecho urbano, uma estrada sinuosa e com pouco movimento e um trecho de terra, foi possível perceber o comportamento exemplar da moto. Na cidade em baixas velocidades, fácil controle de embreagem e torque de sobra mesmo com quase nenhuma aceleração. Na estrada a moto responde imediatamente e sem qualquer dificuldade a qualquer comando do piloto, facilitando muito o trabalho de quem está saindo de uma categoria inferior para esta intermediária. De fato, qualquer motociclista sente-se à vontade com a CB 500X, como se ela fosse uma velha conhecida. Na terra seu propósito estradeiro se mostra prioritário, representado principalmente pelas características dos pneus e rodas. Porém, dadas as alterações da geometria e suspensão, boas incursões na terra já são possíveis, mas sem radicalismos.

A apresentação dos outros modelos da família 500 da Honda levantou uma interessante discussão sobre o preço destas motos, que variam entre R$22.000,00 e R$25.000,00. Muitos motociclistas experientes dizem que por este valor é possível “colocar um pouquinho mais” e pegar uma moto de 4 cilindros e maior – Yamaha XJ6n, por exemplo. No entanto, na estratégia da Honda está considerada esta possibilidade, mas o foco principal da nova moto (e das suas irmãs também) é se inserirem entre a categoria anterior (250/300/400cc) e as motos maiores e mais potentes de 600 cc, estabelecendo um degrau a mais na escada da evolução natural dos motociclistas. “Muitos não querem ir além por não se sentirem seguros, por entenderem que a faixa de 50 cv e 500 cc é suficiente ou por muitas outras e variadas razões”, fala Marcos Monteiro.

Honda aposta no sucesso também pela possibilidade de passeios e acesso por caminhos alternativos

Honda aposta no sucesso também pela possibilidade de passeios e acesso por caminhos alternativos

É evidente que muito fatores entram nesta complicada equação. Mas o entusiasmo dos executivos da Honda com a nova integrante da família revela que esse assunto foi profundamente discutido e pesquisado pela empresa. Foi montada uma equação complexa com muitas variáveis e as incógnitas foram uma a uma sendo esclarecidas. Sobrou apenas o X, cujo valor real e verdadeiro será conhecido nos próximos meses.

A CB 500X pode ser encontrada nas concessionárias Honda de todo o Brasil nas cores vermelho e cinza metálicas e o preço público sugerido é de R$ 23.500,00 para o modelo básico e R$ 25.000,00 para o modelo com ABS.

Ficha técnica Honda CB 500X

Ficha técnica Honda CB 500X



Sidney Levy

Motociclista e jornalista, une na atividade profissional a paixão pelo mundo das motos e a larga experiência na indústria e na imprensa. É editor de conteúdo do Motonline desde 2009.