honda-crf-450l-brasil-preco-10

Honda CRF 450L: uma moto on/off que queríamos ter no Brasil

A CRF 450R é uma moto vitoriosa em pistas de motocross de todo o mundo e agora a Honda confirmou o lançamento do modelo derivado dela, voltado ao uso misto, de rodovias ao enduro. Trata-se da Honda CRF 450L 2019, uma versão ‘amansada’ da 450R, devidamente homologada e emplacada para circular em ruas e estradas – mas não brasileiras, infelizmente.

CRF 450L. Este é o nome da moto que balançou corações de 'off-roadzeiros' pelo mundo esta semana, quando a Honda confirmou a produção do modelo 2019. A moto tem base na CRF 450R, de motocross, mas não está nos planos da Honda para o Brasil

CRF 450L. Este é o nome da moto que balançou corações de ‘off-roadzeiros’ pelo mundo esta semana, quando a Honda confirmou a produção do modelo 2019. A moto tem base na CRF 450R, de motocross, mas não está nos planos da Honda para o Brasil

O modelo já está confirmado para alguns mercados, incluindo Austrália e Estados Unidos – onde está em pré-venda por U$ 10,399 (algo próximo dos R$ 37 mil) e chega às lojas em setembro. Contudo, ‘não há nenhuma previsão ou estudo para trazer o modelo ao Brasil’, informou oficialmente a Honda, via assessoria de imprensa. Para lembrar, em 2013 a marca lançou aqui a CRF 250L (derivada da CRF 250R, também de competição) que teve vida curta. Foi importada apenas um ano e emplacou menos de 700 unidades (segundo a Fenabrave). Portanto, considerando mercado, posicionamento da marca, preço e histórico de aceitação, é pouquíssimo provável (para sermos otimistas) que a Honda mude seus planos e traga a CRF 450L, mas não custa sonhar…

Uma verdadeira dual sport, CRF 450L tem disposição e qualidade de sobra para qualquer trilha ou enduro

Uma verdadeira dual sport, CRF 450L tem disposição e qualidade de sobra para qualquer trilha ou enduro

Honda CRF 450L – um dual sport pronta para qualquer pedreira

Chassi, suspensão, motor... tem muito da CRF 450R na 'L'

Chassi, suspensão, motor… tem muito da CRF 450R na ‘L’

Como já dito, o modelo deriva da CRF 450R e por isso herdou o chassi em alumínio da irmã, sem alterações. Já o motor precisou ser suavizado, a fim de oferecer segurança a motociclistas menos experientes do que pilotos profissionais de motocross. Assim, manteve seu cabeçote OHC Unicam (com duas válvulas por cilindro) mas teve seu sistema de alimentação (PGM-I) remapeado, a taxa de compressão foi reduzida (de 13,5: 1 para 12,0: 1), o pistão passou a usar três anéis (no lugar de um na R) e as válvulas fornecem uma distribuição mais suave de potência e torque. A Honda não divulga números de potência máxima, mas para fins de comparação, a CRF 450R gera estimados 59,9 cv. O câmbio também é novo, com 6 marchas (e não cinco), para melhores respostas em viagens.

Para uso em rodovias e viagens, modelo ganhou sexta marcha, tanto (um litro) maior e conjunto de iluminação em LED

Para uso em rodovias e viagens, modelo ganhou sexta marcha, tanto (um litro) maior e conjunto de iluminação em LED

As suspensões são outros pontos de destaque, graças à construção e aos bons materiais usados, herdadas da CRF 450R. A ‘L’ veste um garfo upside-down de 49mm na dianteira, da Showa, com compreensão ajustável e 305 mm de curso. Atrás, novamente Showa, com Pró-Link – totalmente ajustável, claro, e curso de 312 mm. Os freios têm discos ventilados de 260 mm na frente e 240 mm na traseira, equipando rodas raiadas de 21” e 18”. As carenagens são exclusivas e remetem aos modelos de pista da marca, harmonizando o visual com o sistema de iluminação em LED e painel digital. O tanque de combustível é construído em titânio e tem capacidade para (apenas) 7,6 litros – um litro a mais do que está disponível na R. Com esta receita, o peso total da moto é de leves 131,5 quilos.

O conceito dual sport em sua essência, aperfeiçoado pelas suspensões Showa, chassi em alumínio, tanque em titânio e outros mimos. Um modelo que transpira aventura

O conceito dual sport em sua essência, aperfeiçoado pelas suspensões Showa, chassi em alumínio, tanque em titânio e outros mimos. Um modelo que transpira aventura

A CRF 450L é uma autêntica dual sport, apta não apenas a passeios ou viagens em estradas não pavimentadas, mas pronta para encarar trilhas e obstáculos dignos de provas de enduro – fato evidenciado pelas excelentes suspensões e construção leve e robusta, com o moderno chassi em alumínio. Por isso, era ansiosamente aguardada em mercados com mais tradição no segmento, como nos Estados Unidos (onde a CRF 250L segue à venda, junto da XR 650L), por exemplo. Esta ‘falta de tradição’ é mais um dos fatores que reduz a possibilidade de vermos o modelo rodando por aqui e, até que novos ventos sobrem, resta-nos ver a irmã CRF 450R em posição de destaque nas maiores competições do País.

separador_honda



Jornalista gaúcho convicto de que um passeio de moto em um dia de sol é a cura para praticamente todos os males da vida. Fã de motoaventurismo, competições de moto, café, praia e de rock n roll.