Honda dá dicas de manutenção para pegar a estrada

Honda dá dicas de manutenção para pegar a estrada

Honda dá dicas de manutenção para pegar a estrada

O verão começa em menos de uma semana. Para a maioria dos motociclistas, a melhor época para viajar. Contudo, uma viagem segura exige revisão de itens básicos da motocicleta, entre outros preparativos. Com o objetivo de evitar eventuais inconvenientes, a Honda recomenda que, além de observar as informações indicadas no Manual do Proprietário, que o motociclista leve o veículo até uma concessionária para realizar um check-up e a manutenção dos itens necessários antes de pegar a estrada.

As concessionárias Honda possuem um Serviço Expresso que, em até uma hora, pode checar gratuitamente o funcionamento de 21 itens como cabos de embreagem e de freio, folga de manetes, desgaste e pressão dos pneus, regulagem da corrente de transmissão, além de vazamentos e do nível do óleo do motor, lâmpadas e o sistema elétrico da motocicleta. É recomendado que o cliente agende um horário na concessionária de sua preferência. Caso não saiba o endereço ou telefone da concessionária mais próxima, a Moto Honda disponibiliza a lista no site www.honda.com.br e o telefone 0800 7013432.

Independente da marca e modelo de motocicleta, além do check up em oficina, o próprio motociclista pode verificar alguns itens básicos de sua motocicleta e se prevenir contra eventuais irregularidades. A recomendação é que o condutor esteja atento em todos os procedimentos. Siga este pequeno roteiro:

1 – Antes de pegar a estrada, confira se a calibragem dos pneus está de acordo com as especificações do Manual do Proprietário;

2 – Com garupa, em alguns modelos, o pneu traseiro deve receber pressão maior para compensar o peso extra;

3 – Verifique atentamente o estado dos pneus, sobretudo se não há a presença de objetos presos, como pregos, cacos de vidros e pedras e checar se algum raio da roda está quebrado, pois ele pode perfurar a câmara de ar e comprometer sua segurança;

4 – Verifique o sistema de freios quanto a regulagem, nível do fluido e desgaste das pastilhas;

5 – Atenção também à substituição do filtro de óleo e ao nível do óleo lubrificante no motor;

6 – É importante lavar e lubrificar o sistema de corrente após o uso da motocicleta em estradas de terra;

7 – Verificar o funcionamento do sistema elétrico da motocicleta, com a inspeção do funcionamento das luzes (de freio, piscas, lanterna, farol e painel) e da buzina e do nível de carga da bateria.

8 – O capacete deve estar dentro do prazo de validade, ser ajustado de forma a não ficar apertado nem folgado na cabeça, a viseira precisa estar sempre limpa e sem riscos;

9 – Roupas de cores claras facilitam a visão de outros motociclistas, principalmente à noite;

10 – Calças e jaquetas confeccionadas em tecido grosso ou couro são indispensáveis, bem como botas ou sapatos que protejam os pés, luvas e capas de chuva;

11 – É fundamental conferir se existem postos de combustível e restaurantes no trajeto para paradas programadas a cada 90 minutos para movimentar os músculos e evitar os efeitos da fadiga e da ação do vento;

12 – Nas paradas, abastecer, checar o nível do óleo do motor e a calibragem dos pneus;

13 – Tenha em mente todo tempo: respeite as regras de trânsito, pilote defensivamente, seja prudente e respeite seus limites e o de sua motocicleta.