Foto: Alunos do Exército

Honda fecha o primeiro quadrimestre com mais de 3,5 mil motociclistas treinados

Foto: Alunos do Exército

Foto: Alunos do Exército

Reafirmando o comprometimento da marca com um trânsito mais seguro, número de participantes dos cursos de pilotagem cresceu 30 %

Contribuir com a formação de um trânsito mais harmonioso sempre fez parte da filosofia da Honda em âmbito mundial. Por isso, os Centros Educacionais de Trânsito Honda (CETHs), localizados nas cidades de Indaiatuba (SP) e Recife (PE), oferecem diversos tipos de treinamento voltados para a difusão de técnicas e conceitos de pilotagem segura. Apenas nos primeiros quatro meses de 2009, mais de 3,5 mil motociclistas participaram do treinamento – número que representa um aumento de 30% quando comparado ao mesmo período do ano passado.

Os CETHs de São Paulo e Pernambuco foram inaugurados em 1998 e 2006, respectivamente, e já treinaram no total mais de 104 mil motociclistas. Estes dados ilustram a preocupação que a Honda sempre teve em contribuir com a sociedade por meio do processo educativo, para que todos convivam com harmonia e segurança no trânsito.

Do mês de janeiro a abril de 2009, passaram por alguma das modalidades de curso oferecidas pelo CETH 1.339 cidadãos (pessoas comuns da sociedade), 1.096 profissionais de órgãos públicos, 506 funcionários de empresas privadas e 293 frotistas.

Foto: Alunos Bombeiros

Foto: Alunos Bombeiros

Os cursos possuem um papel de grande importância no cotidiano dessas pessoas que utilizam motocicletas no seu dia a dia. Diversos benefícios são nitidamente percebidos após as aulas: bombeiros e policiais passam a ter mais agilidade e técnicas para acessar terrenos irregulares, frotistas passam a levar cargas com mais segurança e rapidez, e os cidadãos ficam mais atentos ao pilotar no trânsito urbano e com o transporte de passageiros.

Aliando teoria e prática, os programas de treinamento oferecidos pelo CETH têm como objetivo transmitir as técnicas de pilotagem segura, transferir conhecimentos, moldar atitudes e desenvolver habilidades. Durante as aulas são relembrados conceitos já vistos pelos motociclistas, mas que muitas vezes não são colocados em prática. Além disso, são apresentadas justificativas para cada atitude correta ao pilotar a motocicleta, mostrando como isso irá refletir na pilotagem de uma forma geral.

Durante a aula teórica, são abordados temas como: características e comandos da motocicleta; inspeção preventiva; equipamentos de segurança e proteção; postura básica; técnicas em curvas; técnicas de frenagem; posicionamento da motocicleta; visibilidade; estratégias de condução e pilotagem no trânsito. Já na aula prática são aplicados exercícios na pista padrão do CETH, utilizando as técnicas de alameda grande e pequena (o motociclista percorre uma seqüência de cones, formando um zig zag); de slalon duplo (que simula a aproximação de curvas e retomada de velocidade); e de slalon simples (com desvio rápido de direção); além de exercícios de frenagem