EV-neo 2011

Honda inicia programa de demonstração da scooter EV-neo na Espanha

Marca disponibilizará 18 unidades do modelo elétrico à cidade de Barcelona

EV-neo 2011

EV-neo 2011

A Honda dá mais uma demonstração do seu compromisso em disponibilizar ao mercado seus produtos ambientalmente sustentáveis. A partir de julho, a marca inicia um programa de demonstração do scooter elétrico EV-neo. O primeiro local escolhido é a cidade de Barcelona, na Espanha.

A Honda irá fornecer 18 unidades do modelo EV-neo por um período de um ano. Além disso, será feito um trabalho de pesquisa e atividades diárias sobre o uso do modelo na cidade espanhola. “Estamos muito satisfeitos em trazer a nossa tecnologia para a Europa pela primeira vez”, coloca Yukitoshi Fujisaka, presidente da Honda Montesa.

Segundo o executivo, essa é uma ótima oportunidade de testar o modelo em uma cidade (Barcelona) onde as motocicletas representam 30% de todos os veículos utilizados.

Tecnologia avançada
A scooter Honda EV-neo foi apresentada pela primeira vez como protótipo no Salão de Tóquio, no Japão, em 2009. No ano seguinte, começou a sua comercialização apenas em território japonês. Equipado com bateria elétrica, o modelo foi criado principalmente para uso comercial, uma vez que o seu desenho permite o transporte de carga.

Além disso, a scooter opera com um motor de 2.8 kw e uma bateria de lítio-íon, proporcionando torque elevado mesmo em baixa velocidade, e bom desempenho em partidas e subidas. A EV-neo alcança de 30 a 34 km/h em terreno plano.

Em conjunto, há um carregador de bateria altamente portátil, que permite a recarga completa do modelo em aproximadamente 30 minutos, com uma temperatura ambiente de 25ºC.

Aplicações na prática
A scooter EV-neo também está sendo usada pela Honda em seu programa de testes de veículo elétricos, em Kumamoto, e na prefeitura de Saitama. Essas atividades servirão para ajudar a desenvolver novas formas de mobilidade pessoal, visando a redução de CO2. No programa de Kumamoto, o modelo é alugado por moradores e turistas que informam a Honda o que acharam e quais os benefícios. Já em Saitama, são alugados por empresas de entrega.