Honda Motos recebe pela terceira vez prêmio pela divulgação de inventário de emissão de gases de efeito estufa (GEE) no meio ambiente

Honda obtém nota máxima no controle de emissões

O Programa Brasileiro CHG Protocol concedeu à Honda, na última segunda-feira (8), a certificação máxima pelo seu trabalho de divulgação e verificação de inventário de emissões de gases de efeito estufa (GEE) no meio ambiente. O reconhecimento com o Selo Ouro foi para as duas fábricas da marca no Brasil (motocicletas e carros).

Honda Motos recebe pela terceira vez prêmio pela divulgação de inventário de emissão de gases de efeito estufa (GEE) no meio ambiente

Honda Motos recebe pela terceira vez prêmio pela divulgação de inventário de emissão de gases de efeito estufa (GEE) no meio ambiente

Essa é a terceira vez que a Moto Honda recebe a certificação máxima e a sexta consecutiva da Honda Automóveis do Brasil. A fabricante de carros foi a primeira do setor a divulgar o inventário de emissões de GEE nos três escopos avaliados: direta, indireta pela compra de energia e outras emissões indiretas.

Segundo o fabricante nipônico, a premiação reafirma a transparência e compromisso da Honda com o meio ambiente. Norteada pela diretriz de sustentabilidade que permeia toda a sua operação, a empresa promove, constantemente, iniciativas direcionadas ao gerenciamento de resíduos, redução das emissões atmosféricas, eficiência energética e uso racional da água.

Parabéns à Honda!

RegEmisssoes_01_10_08O Motonline  parabeniza a Honda pelo seu feito que denota preocupação em relação ao meio ambiente e à população atingida por seus processos de fabricação, comercialização e utilização dos produtos acabados, demonstrando mais uma vez tratar-se de uma indústria consciente da sua responsabilidade com o planeta.

Temos certeza que o Sr. Soichiro Honda estaria feliz e orgulhoso com o grande trabalho que vocês fizeram nos últimos anos.

Sobre os 45 anos da Honda no Brasil

Em 1971, a Honda iniciava no Brasil as vendas de suas primeiras motocicletas importadas. Cinco anos depois, era inaugurada a fábrica da Moto Honda da Amazônia, em Manaus, de onde saiu a primeira CG, até hoje o veículo mais vendido do Brasil. De lá para cá, a unidade produziu mais de 21 milhões de motos, além de quadriciclos e motores estacionários.

Para facilitar o acesso aos produtos da marca, em 1981 nasceu o Consórcio Honda, hoje a maior administradora de consórcios do Brasil, que faz parte da estrutura da Honda Serviços Financeiros, também composta pela Seguros Honda e o Banco Honda.

Dando continuidade à trajetória de crescimento, em 1992 chegavam ao Brasil os primeiros automóveis Honda importados. Em 1997, a Honda Automóveis do Brasil iniciava a produção do Civic, em Sumaré (SP), de onde já saíram mais de 1,5 milhão de veículos.

A Honda investe fortemente no esporte nacionalDurante esses anos a empresa também inaugurou Centros Educacionais de Trânsito, de Treinamento Técnico, de Distribuição de Peças e de Pesquisa & Desenvolvimento. Estruturou uma rede de concessionárias hoje composta por mais de 1200 endereços. Tudo isso para oferecer aos seus clientes uma excelente experiência com a marca.

Em 2014, em uma iniciativa inédita no segmento, a Honda inaugurou seu primeiro parque eólico do mundo, na cidade de Xangri-Lá (RS). O empreendimento supre toda a demanda de energia elétrica da fábrica de Sumaré, reduzindo os impactos ambientais das operações da empresa.

Em 2015, a Honda Aircraft Company anunciou a expansão das vendas do HondaJet, o jato executivo mais avançado do mundo, para o Brasil. E a segunda planta de automóveis da marca foi construída na cidade de Itirapina (SP).

Separador_motos

Os inventários da Moto Honda e da Honda Automóveis do Brasil estão disponíveis no Registro Público de Emissões no site do Programa Brasileiro GHG Protocol.



Mário Sérgio Figueredo

Motociclista apaixonado por motos há 42 anos, começou a escrever sobre motos como hobby em um blog para tentar transmitir à nova geração a experiência acumulada durante esses tantos anos. Sua primeira moto foi a primeira fabricada no Brasil, a Yamaha RD 50.