pcx-2018-1

PCX 150 2018 mantém preço para ser mais competitiva

Nem sempre o novo modelo de uma moto é revolucionário, trazendo uma série de materiais e recursos eletrônicos inéditos. Porém, um lançamento ser anunciado ao mercado com o preço do produto que já temos na prateleira é, por si só, uma boa notícia. Este é o caso da Honda PCX 150, apresentada em sua versão 2018 apenas com novas cores e com o preço que já estava sendo praticado no modelo anterior: R$ 10.300,00 na versão STD e R$ 10.800,00 na DLX. O scooter será comercializado em toda rede de concessionários Honda e tem previsão de chegada até o final de Setembro.

Única novidade no scooter PCX 150 versão 2018 é a paleta de cores. Maior atrativo está no preço, mantido o mesmo da edição anterior

Única novidade no scooter PCX 150 versão 2018 é a paleta de cores. Maior atrativo está no preço, mantido o mesmo da edição anterior

A nova cor do catálogo é o Azul Escuro Perolizado, que faz companhia ao Prata Fosco, ambos na versão STD. A DLX é mais sofisticada e conta com o acabamento de bom gosto em dois tons de Marrom Perolizado, o qual já conhecemos, mas “foi mantido devido a sua boa aceitação ao mercado”, segundo a marca.

A Honda informou que manteve o preço do scooter PCX 150 2018 inalterado visando maximizar o volume de vendas e consolidar a liderança de mercado. No ano passado, a moto vendeu 22.539 unidades e de janeiro a agosto de 2017 foram 17.795, concedendo-lhe o título de sexta moto mais vendida no Brasil nestes oito meses (dados da Fenabrave). Já a Yamaha NMax 160, sua principal concorrente, comercializou 5.608 motos em 2016 e 6.246 no acumulado dos primeiros oito meses de 2017.

Ágil, é um veículo iminentemente urbano. É oferecido nas cores Azul Escuro Perolizado e Prata Fosco (versão STD) e Marrom Perolizado (DLX)

Ágil, é um veículo iminentemente urbano. É oferecido nas cores Azul Escuro Perolizado e Prata Fosco (versão STD) e Marrom Perolizado (DLX)

Para maximizar sua atratividade no mercado, o PCX 150 é o único scooter na categoria até 200cc a oferecer 3 anos de garantia mais 7 trocas de óleo grátis, uma exclusividade Honda para o segmento. A moto também possui tomada 12 volts junto ao porta objetos, porta volumes com capacidade de 25 litros, conjunto óptico conta com lâmpadas em LED e painel de instrumentos com relógio digital. A relação de transmissão é automática continuamente variável CVT (V-Matic), os freios possuem sistema combinado (CBS) e o motor segue o já conhecido monocilíndrico OHC (Over Head Camshaft) de 4 tempos, com injeção eletrônica e arrefecimento líquido, que gera potência máxima é de 13,1 cv a 8.500 rpm e torque máximo de 1,36 kgf.m a 5.000 rpm.

Separador_motos



Jornalista gaúcho convicto de que um passeio de moto em um dia de sol é a cura para praticamente todos os males da vida. Fã de motoaventurismo, competições de moto, café, praia e de rock n roll.