honda pcx

Honda PCX 2017 chega com novas cores e preços

Scooter mais vendido no Brasil desde o seu lançamento, em 2013, a versão 2017 da Honda PCX foi anunciada nesta semana pela marca, e chega com novidades – discretas – ao nosso mercado. A moto vem em novas cores e com novos preços, mantendo itens reconhecidos, como os freios CBS (Combined Brake System) e o sistema “Idling Stop”, que permite o desligamento automático do motor em situações cotidianas como uma parada em semáforo, e retomada automática após acionamento do acelerador.

Honda PCX 2017 chega às lojas na segunda metade de outubro

Honda PCX 2017 chega às lojas na segunda metade de outubro

A Honda PCX 2017 está disponível nas cores Prata Fosco (inédito) e Cinza Metálico na versão Standart do modelo, comercializado ao preço de R$ 10.300,00. A versão DLX possui visual mais sofisticado e a exclusiva cor Marrom Perolizado, e é vendida por R$ 10.800,00. Esta possui acabamento em dois tons de cores, com o couro do banco em um tom mais claro, com diferenciais exclusivos e visual mais sofisticado, além de adesivo remetente à versão na parte frontal da carenagem.

Marrom Perolizado é cor exclusiva da versão DLX

Marrom Perolizado é cor exclusiva da versão DLX

O modelo será comercializado em toda rede de concessionários Honda e tem previsão de chegada para segunda quinzena de outubro. A Honda destaca, também, o fato de a PCX ser o único scooter na categoria até 200cc com 3 anos de garantia mais 7 trocas de óleo grátis.

Mais sobre a Honda PCX

Nós testamos a edição 2016 da PCX no Motonline, e você pode conferir o resultado aqui. De um modelo para o outro, basicamente todas as configurações mecânicas foram mantidas. A moto continua com tanque com capacidade de 8,9 litros, além dos já citados freios CBS e sistema Idling Stop. O motor é o mesmo monocilíndrico OHC (Over Head Camshaft), 4 tempos, com injeção eletrônico PGM-FI (Programmed Fuel Injection) e arrefecimento líquido, de 149,3 cm², que gera potência máxima é de 13,1 cv a 8.500 rpm e torque máximo de 1,36 kgf.m a 5.000 rpm.

Construção segue praticamente a do modelo 2016, mas com um visual mais sofisticado e harmônico

Construção segue praticamente a do modelo 2016, mas com um visual mais sofisticado e harmônico

A relação de transmissão automática continuamente variável CVT (V-Matic). Segundo a Honda, ela é voltada para uma pilotagem suave e prazerosa, além de contribuir para melhorar a eficiência no consumo de combustível. Também visando a comodidade, a moto conta com porta objetos com tomada 12 volts, uma exclusividade e diferencial da PCX 150 na categoria, e compartimento porta volumes abaixo do banco, com capacidade de 25l.

A PCX 150 também possui conjunto óptico com lâmpadas em LED para o farol, lanterna e indicadores de direção, o mesmo se aplica nas lanternas de freio e iluminação da placa traseira. O painel de instrumentos dispõe de relógio digital de leitura simples e fácil que inclui velocímetro, medidor de combustível, luzes espia da injeção eletrônica, medidor de combustível e sistema de parada automática.

Separador_motos



Jornalista gaúcho convicto de que um passeio de moto em um dia de sol é a cura para praticamente todos os males da vida. Fã de motoaventurismo, competições de moto, café, praia e de rock n roll.