Honda Pop 100 2009: econômica e fácil de pilotar

Chega às concessionárias de todo o país a Honda Pop 100 modelo 2009, equipada com um novo sistema de catalisadores. O dispositivo reduz a emissão de gases poluentes à atmosfera, fazendo com que a motocicleta atenda, em níveis bem abaixo, aos índices de emissão (CO/HC/NOX) que determina o Promot 3 (Programa de Controle da Poluição do Ar por Motociclos e Veículos Similares), previsto para entrar em vigor no país em janeiro de 2009.

A identidade visual da Honda Pop 100 também foi renovada. A nova cor cinza, em lugar da amarela, transmite imagem monocromática ao modelo. Junto à roda traseira foi incorporado um prático pára-lama interno (conjunto ao protetor de corrente), que protege os componentes mecânicos e aumenta a sensação de robustez. O pedal de câmbio também foi redesenhado para facilitar a troca de marchas e oferecer, assim, ainda mais conforto e praticidade ao piloto.

Lançada no Brasil em janeiro de 2007 com a proposta de ser uma opção ágil, versátil e econômica de transporte, a caçula da Honda já conquistou uma significativa fatia do mercado. Só em 2007, foram mais de 83 mil unidades vendidas. Em 2008, entre os meses de janeiro e julho, já vendeu mais de 42 mil veículos.

Motor econômico e eficiente – Versátil, a Honda Pop 100 pode ser utilizada no dia-a-dia tanto como meio de transporte quanto como instrumento de trabalho, sempre com agilidade e economia. Isso graças ao seu compacto motor OHC (Over Head Camshaft), monocilíndrico de 4 tempos. Com 97,1 cm3, o propulsor gera respostas rápidas e bom desempenho – alcança potência máxima de 6,17 cv a 7.500 rpm e torque de 0,74 kgf.m a 4.000 rpm. Considerando que a forma de uso é predominantemente para condução urbana, o comportamento da motocicleta melhorou nessas condições.

O câmbio de quatro marchas teve seu pedal modificado, facilitando o acionamento e contribuindo com o conforto na pilotagem. A embreagem manual é do tipo multidisco em banho de óleo e permite engates suaves.

A Honda Pop 100 foi desenvolvida com especial atenção ao conforto do piloto e do garupa. Prova disso é o assento amplo e largo, com altura de 749 mm do solo. Basculante, é prático no momento do abastecimento e facilita o acesso em uma eventual manutenção da parte elétrica. O guidão alto contribui com uma pilotagem mais confortável e prazerosa. O transporte de objetos é facilitado pela presença de resistentes alças laterais. O chassi monobloco, construído em tubos de aço, assegura resistência estrutural, robustez e melhor dirigibilidade.

A alimentação é feita por carburador com 14 mm de diâmetro de venturi e a ignição é do tipo CDI (ignição por descarga capacitiva). Essa tecnologia determina, por meio de um sensor de pulso, o momento exato para liberação da centelha de vela. Dessa maneira, a queima do combustível é otimizada, minimizando a necessidade de manutenção. Ainda no quesito durabilidade vale destacar a bateria selada, de maior vida útil e isenta de manutenção.

As suspensões são resistentes até nas situações mais adversas e absorvem com facilidade as irregularidades do piso. A dianteira é telescópica com 100 mm de curso, enquanto a traseira é duplo amortecida com curso de 83 mm. As rodas, com 17 polegadas na dianteira e 14 na traseira, aliadas aos pneus, do tipo 60/100 – 17M/C 33L (dianteiro) e 80/100 – 14M/C 49L (traseiro), proporcionam excelente dirigibilidade, estabilidade e segurança. O eficiente sistema de freios atua de maneira progressiva e segura. Tanto a dianteira quanto a traseira contam com tambor de 110 mm de diâmetro.

Apesar das melhorias, a nova Honda Pop 100 teve seu preço mantido: R$ 3.990,00 (base no Estado de São Paulo), sem despesas de frete e seguro. O modelo 2009 está disponível nas cores vermelha, azul, preta e cinza. A garantia é de um ano, sem limite de quilometragem.