zanol_destaque

Honda quer voltar aos títulos no rally e enduro

Zanol: treino... treino.... treino

Zanol: treino... treino.... treino

A Honda apresentou ontem seu plano de ações para as principais competições off-road nacionais e internacionais até janeiro de 2013. A ação mais ambiciosa é a formação de uma equipe oficial para disputar o Rally Dakar em janeiro de 2013 pela HRC – Honda Racing Corporation – do Japão.

O Team HRC terá quatro pilotos no Dakar, entre eles o brasileiro Felipe Zanol e o português Helder Rodrigues, ambos como pilotos principais em função dos resultados alcançados na prova no começo de 2012 – 10º e 3º lugares respectivamente. A decisão tem ainda maior importância ao levar-se em conta que a Honda volta com um time oficial após 23 anos de completa ausência da mais importante prova de rally do mundo.

“Felipe Zanol terá a responsabilidade de ajudar no desenvolvimento da nova moto, que precisará estar pronta para o Rally do Marrocos (África – 14 a 20 de outubro), quando a moto será definitivamente testada antes do embarque ara a Argentina para o Rally Dakar”, explicou o gerente Geral de Venda da Honda, Alexandre Cury.

O piloto Dário Julio, que também integra a equipe Honda de Rally, participará junto com Zanol do Rally dos Sertões (18 a 29 de agosto). A dupla também participará da 30ª edição do Enduro da Independência (5 a 8 de setembro), mas apenas Dário tentará vencer o Independência pela 5ª vez, já que Zanol fará apenas a largada promocional e depois inicia sua maratona de compromissos com o Team HRC.

Zanol e Dário: dupla mineira ambiciosa

Zanol e Dário: dupla mineira ambiciosa

Zanol testará no início de setembro a moto, com base na CRF-450X, desenvolvida e produzida pelo Centro de Pesquisa e Desenvolvimento de Motocicletas da Honda, no Japão. “É a primeira vez que participo de um projeto como esse. Tudo está sendo novidade. Estou na expectativa para conhecer o equipamento e ver como vou me adaptar”, destaca Zanol.

Esta participação inédita para um piloto brasileiro no desenvolvimento de uma moto especial para o Rally Dakar coloca para Zanol uma expectativa muito grande. “É claro que tenho sonhos, quero ganhar e quem sabe iniciar uma trajetória de participação em provas internacionais de rally a partir de 2013. Mas antes tenho que chegar bem no Dakar, que é uma prova complicada”, ponderou.

Cury: R$7 milhões de investimento

Cury: R$7 milhões de investimento

Zanol foi o melhor piloto das Américas e finalizou em 10º lugar na classificação geral, atrás apenas dos europeus. O currículo de Zanol inclui também dois vice-campeonatos do Rally dos Sertões, sete títulos de enduro e cinco de cross country. Ele correrá ao lado do português Helder Rodrigues, do argentino Javier Pizzolito e do inglês Sam Sunderland. O Rally Dakar 2013 acontecerá entre os dias 5 e 20 de janeiro e vai percorrer todo tipo de terreno pela América do Sul, entre Peru, Chile e Argentina.