hondaracing_destaque

Honda Racing celebra 40 anos de investimento no esporte

Com o objetivo de apresentar equipes e pilotos oficiais Honda Racing para a temporada 2018 nas modalidades rali, motovelocidade,  enduro e motocross nas principais competições brasileiras e no exterior, a Honda realizou hoje (19/2) em São Paulo evento que reuniu a imprensa, patrocinadores, organizadores e dirigentes do esporte com motos.

Essa foi a “desculpa”, porque a parte mais legal do encontro foi resgatar os 40 anos de envolvimento direto da empresa com o esporte com motos, expressado através de investimentos nas competições no Brasil, e confirmar seu comprometimento com as principais modalidades. Foi na verdade um evento recheado de história e que reuniu algumas gerações de esportistas. “A iniciativa da Honda quatro décadas atrás foi fundamental para o desenvolvimento do esporte e para a formação de gerações de pilotos no Brasil”, afirmou Alexandre Cury, diretor comercial da Honda e responsável pela área de competições da Honda.

O time Honda Racing completo

O time Honda Racing completo

Honda Racing, apoio histórico

Essa história começou em 1978, quando a Honda patrocinou oficialmente a “Fórmula Honda”, para motocicletas CG 125, na época, movida a álcool por causa da crise do petróleo, quando não era permitido competições a motor com uso de derivados de petróleo. Desde então o investimento não parou mais, o que foi testemunhado num vídeo por personagens históricos das competições no Brasil.

Wilson Yasuda, Santo Feltrin, Nuno Narezzi e Cristiano Lopes falaram sobre a importância da participação da Honda em campeonatos desde a década de 1970. “É uma fábrica de campeões”, disse Yasuda. “História de comprometimento da marca com o País”, ressaltou Feltrin. “Não há presente consolidado e futuro próspero sem um passado atuante”, reforçou Cury.

Alexandre Cury: 40 anos de apoio e incentivo ao esporte com motos no Brasil

Alexandre Cury: 40 anos de apoio e incentivo ao esporte com motos no Brasil

Essa preocupação na formação é expressada pelo apoio que a Honda realiza diretamente desde 2012 na Junior Cup, categoria-escola com motos CG 160 Titan, para o desenvolvimento de novas gerações de pilotos, já que crianças podem correr na Junior. Os pilotos mirins Giovana Cana Brasil, de 9 anos, e João Teixeira, de 7 anos, representaram o futuro do motociclismo nacional na apresentação do time Honda Racing.

“São 40 anos construindo o esporte como um todo. Sempre apoiamos os pilotos, as competições e a mídia, tudo importante para impulsionar, multiplicar e expandir o nosso esporte e isso é histórico, pois somos apaixonados por motocicletas e corre gasolina no sangue do brasileiro”, expressou o entusiasmado Marcos Monteiro, gerente geral comercial da Honda ao citar ainda o programa HTT (Honda Talent Test), que foi aplicado pela primeira vez no Brasil em 2018.

“Além de garimpar e lapidar talentos em situação real de corrida, o projeto funciona como preparação de nossos equipamentos para a temporada que se inicia”, frisa Monteiro. Dois pilotos que passaram pelo programa foram contratados pela Honda Racing e estão no time de 2018: Pedro Sampaio (motovelocidade) e Lucas Dunka (motocross).

As motos das equipes Honda Racing "lideradas" pela CG 125 da Fórmula Honda, primeira competição que recebeu apoio da Honda em 1978

As motos das equipes Honda Racing “lideradas” pela CG 125 da Fórmula Honda, primeira competição que recebeu apoio da Honda em 1978

Outro apoio importante da Honda este ano é para as competições: Superbike Brasil, Campeonato Brasileiro de Motocross, Copa EFX Brasil, CACC (Copa Adrenatrilha de Cross Country), Arena Cross, Rally dos Sertões e Enduro da Independência contarão com o apoio da Honda. “Duas provas merecem destaque: o Rally dos Sertões, uma das maiores do mundo, e o Enduro da Independência, o mais antigo e mais tradicional do país. A Honda vai em busca de mais títulos nessas competições”, diz Odair Dedicação Junior, gerente de marketing e competições da Honda.

Experiência internacional

O Brasil não tem nenhuma prova internacional nas modalidades que a Honda vai apoiar. Por isso a equipe Hona Racing de Motocross vai participar da etapa da Argentina do Campeonato Mundial de Motocross, que acontecerá no início de março. “Nós acreditamos que a participação em provas internacionais, ou com a vinda de pilotos estrangeiros para correrem aqui, é muito importante para o desenvolvimento do esporte e de pilotos brasileiros”, afirma Marcos Monteiro.

Gerações: Eric Granado (esq.) e Jean Azevedo (dir.) recepcionam os novatos da Junior Cup, com Marcos Monteiro no centro

Gerações: Eric Granado (esq.) e Jean Azevedo (dir.) recepcionam os novatos da Junior Cup, com Marcos Monteiro no centro

Também na área internacional, a Honda Brasil patrocina diretamente o piloto Eric Granado, que correrá o Superbike no Brasil e o Campeonato Mundial de Motovelocidade, na Moto2, em 2018. “O nível das competições brasileiras está cada vez mais alto, com pilotos cada vez mais preparados e espero trazer títulos para a Honda por aqui e, quem sabe, conseguir marcar pontos e fazer um bom campeonato na Moto2”, afirmou o piloto paulistano de 21 anos.

A Honda Racing mantém em seu time a experiência, principalmente para o rali. Por isso Jean Azevedo, sete vezes campeão do Rally dos Sertões, dez vezes campeão brasileiro de Rally Cross Country e com muitas participações no Dakar, permanece no time para passar sua experiência. Aos 44 anos completados nesta segunda-feira (19/2), o atleta tem a responsabilidade de ser o ‘paizão da turma’ e manter o alto nível do time. Para isso, terá a nova CRF 450RX como aliada. “É uma moto com muita tecnologia. É preparada para o enduro e estamos em adaptação para o rali”, afirmou Jean Azevedo.

40 anos de história entre as duas CGs: a da Fórmula Honda de 1978 e a da Junior Cup de 2018

40 anos de história entre as duas CGs: a da Fórmula Honda de 1978 e a da Junior Cup de 2018

Para viabilizar todo este pacote de patrocínios e apoios, a Honda conta com parcerias em todas as áreas. “Sem os parceiros não poderíamos fazer tudo isso”, ressaltou Marcos Monteiro. Os parceiros comerciais e os patrocinadores que estarão com a Honda em 2018 são: Mobil, IMS, Alpinestars, Michelin, DID, MRPro Braces, Pirelli, Tech Ride Motoparts, Edgers, BelParts e BRC.

Conheça as equipes oficiais Honda Racing – temporada 2018

Superbike (Chefe de equipe: Reinaldo Campos)

  • Eric Granado e Pedro Sampaio, com Honda CBR 1000RR

Motocross (Chefe de equipe: Cale Neto)

  • Mx 1 – Hector Assunção e Jetro Salazar, com Honda CRF 450R
  • Mx 2 – Gustavo Pessoa e Lucas Dunka, com Honda CRF 250R

Enduro (Chefe de equipe: Felipe Zanol)

  • Júlio César Ferreira Eliziário, com Honda CRF 450RX
  • Gabriel Lucas Soares e Nicolas Rodrigues, com Honda CRF 250R

Rali (Chefe de equipe: Dario Julio)

  • Tunico Maciel, Jean Azevedo e Gregorio Caselani, com Honda CRF 450RX
  • Júlio Bissinho Zavatti, com CRF 230F

separador_honda



Sidney Levy

Motociclista e jornalista paulistano, une na atividade profissional a paixão pelo mundo das motos e a larga experiência na indústria e na imprensa. Acredita que a moto é a cura para muitos males da sociedade moderna.