Humberto Martin é campeão Latino-Americano

Humberto Martin é campeão Latino-Americano

Humberto Martin é campeão Latino-Americano

Rio Branco (AC) – O venezuelano Humberto Martin ‚ o mais novo campeÆo Latino-Americano de Motocross. Ele venceu a terceira etapa da competi‡Æo realizada neste domingo (15) em Rio Branco (AC).

A prova foi organizada pela Federa‡Æo de Motociclismo do Estado do Acre (Femac), em parceria com a UniÆo Latino-Americana de Motociclismo (ULM) e Confedera‡Æo Brasileira de Motociclismo (CBM).

A primeira bateria foi totalmente dominada pelo brasileiro Rodrigo Selhorst que largou na frente e abriu uma boa vantagem logo nos minutos iniciais. Sem desistir da briga, o venezuelano Humberto Martin o perseguiu e, quando estava pr¢ximo de uma ultrapassagem, foi prejudicado por um retardat rio. “Sabia da pressÆo que Humberto colocaria desde o in¡cio da prova. Acelerei forte para garantir a vit¢ria e me aproximar do t¡tulo”, comentou Selhorst.

Ainda na primeira disputa, Ant“nio Miranda repetiu a performance da segunda etapa e terminou na terceira posi‡Æo. Jetro Salazar, do Equador, foi o quarto colocado e seu compatriota Haroldo Cabrera completou o p¢dio em quinto.

A rea‡Æo do piloto venezuelano Humberto Martin aconteceu na £ltima bateria. Ele largou na segunda coloca‡Æo, atr s do brasileiro Rodrigo Selhorst, e na terceira volta assumiu a lideran‡a, onde permaneceu at‚ receber a bandeira quadriculada. “Sabia que, para vencer, precisava fazer uma boa largada. Quando passei pelo Rodrigo achei que ele continuava me seguindo e mantive o ritmo aumentando ainda mais vantagem. Estou feliz com o resultado e com o novo t¡tulo”, declarou o piloto. Ele dedicou a vit¢ria ao pai que aniversariou na v‚spera da competi‡Æo.

Resultado geral do Latino-Americano
1§ – Humberto Martin (VEN) – 126 pontos
2§ – Rodrigo Selhorst (BRA) – 118 pontos
3§ – Jetro David Salazar (ECU) – 110 pontos
4§ – Edgar Andres (ECU) – 93 pontos
5§ – Haroldo Cabrera (VEM) – 83 pontos
6§ – Felipe Espinosa (ECU) – 67 pontos
7§ – Antonio E De Miranda (BRA) – 67 pontos
8§ – Riderson Carlos Ribeiro (BRA) – 61 pontos
9§ – Marco Tulio (BRA) – 60 pontos
10§ – David Andres Cevallhos (ECU) – 57 pontos