Esta "empinadinha" resulta em dez dias de recolhimento da moto

Iguatu (CE) adota medida disciplinar para as “cinquentinhas”

Esta "empinadinha" resulta em dez dias de recolhimento da moto

Esta "empinadinha" resulta em dez dias de recolhimento da moto

O Demutran (Departamento Municipal de Trânsito) de Iguatu, cidade do interior do Ceara distante 380 km da capital Fortaleza, adotou uma medida disciplinar para evitar que as motos de 50cc desrespeitem o trânsito. Portaria do órgão de trânsito do município aplica pena de retenção do veículo por dez dias, pena que pode dobrar em caso de reincidência caso o motociclista desrespeite alguma lei de trânsito.

As motos de 50cc circulam em Iguatu sem placas e seus usuários não utilizam a ACC – Autorização para Condução de Ciclomotores, por não ter sido ainda regulamentada por lei municipal. Apesar disso, a coisa não rola solta como deveria parecer.

A nova Portaria do DEMUTRAN recolhe motos que estejam irregulares – sem nota fiscal, condutores sem capacetes, embriagados, com problemas elétricos e rodando com escapamento aberto e ainda por desrespeitar qualquer lei de trânsito, inclusive as conduzidas por menores de idade – e as coloca de castigo por 10 dias.

Medida surte efeito pois recolhimentos tem diminuído e acidentes também

Medida surte efeito pois recolhimentos tem diminuído e acidentes também

A medida visa educar os condutores já que não é possível aplicar uma multa. Ainda assim o proprietário para retirar a moto precisa que ela esteja em condições de rodar. Em determinados casos a autarquia pode cobrar uma taxa referente ao tempo em que ficaram no depósito.

Tais medidas visam reduzir acidentes e educar as pessoas para se portarem de forma mais consciente no trânsito e fazem parte de um pacote de medidas lançadas pelo prefeito Aderilo Alcântara na “Semana do Município”, que comemora 160 anos de emancipação política de Iguatu com foco na educação de trânsito como forma de prevenção de acidentes. A medida tem surtido efeito. Os recolhimentos tem caido semanalmente, bem como os índices de acidentes com essas motos.



Motociclista desde os 18 anos. Jornalista e apaixonado por motos desde que nasceu.