1601

Iguatu (CE) comemora emancipação com ações de educação de trânsito

1601

Ilustração da campanha

Iguatu, cidade do interior cearense distante 380 km da capital, Fortaleza, comemora 160 anos de emancipação política e vai enfocar neste período ações de segurança nas ruas da cidade com a campanha, “Cidadão Consciente, Trânsito sem Acidente”.

Apesar de ser uma data festiva com vários tipos de atrações, a maior de todas serão mesmo as focadas na redução dos acidentes de trânsito.

O prefeito de Iguatu, Aderilo Alcântara, e o seu vice Ednaldo Lavor, apresentaram dia 16 de janeiro a programação oficial da Semana do Município que irá acontecer entre os dias 19 a 26 de janeiro. O evento aconteceu no auditório da CDL de Iguatu que esteve lotado por empresários, representantes de instituições, lideranças políticas e centenas de populares.

Bafômetro e Fiscalização

Em 2012 cerca de 38 pessoas, a maioria na faixa de 20 a 29 anos e sem CNH, morreram em consequência de acidentes de trânsito.

Com a finalidade de salvar vidas e educar a população da cidade para um trânsito mais consciente, a prefeitura de Iguatu vai adquirir bafômetros para utilização pelo DEMUTRAN  visando coibir o hábito de beber e dirigir.

Outra medida adotada será a retirada das mesas que ficam ocupando as vias públicas – fato muito comum na cidade e que segundo as autoridades de trânsito se configuram como uma tragédia anunciada.

O prefeito está ciente do desgaste e da pressão que sofrerá.  “Sei que vou desagradar muita gente, mas a minha opção é pela vida e por fazer o que é certo”, disse Alcântara. Além disso, a Prefeitura, que já possui decibelímetros (aparelhos que medem os ruídos provocados por carros de som e paredões), informou que os mesmos serão utilizados com mais frequência. A medida visa coibir a poluição sonora que vem atormentando o sossego da população.

Está prevista ainda a criação do Comitê de Trânsito de Iguatu, que será formado por segmentos representativos da população com o objetivo de fiscalizar as ações e cobrar novas medidas.

Outro problema enfrentado pelo município é a grande quantidade de atendimentos realizados em razão desses acidentes – 553 atendimentos e cerca de 300 cirurgias em 2012 – sem contar as inúmeras viagens pagas pela PMI onde ambulâncias levam pacientes mais graves para os municípios de Barbalha, Juazeiro do Norte e Fortaleza.

A meta é reduzir o número de mortos e inválidos e dar mais paz ao trânsito de Iguatu combatendo o excesso de velocidade, alcoolismo e a imprudência. Essa iniciativa da Prefeitura de Iguatu é uma tentativa de diminuir o número de acidentes que são registrados diariamente nas ruas do município. Em 2012 cerca de 38 pessoas, a maioria na faixa de 20 a 29 anos e sem CNH, morreram em consequência de acidentes de trânsito.

Outro problema enfrentado pelo município é a grande quantidade de atendimentos realizados em razão desses acidentes – 553 atendimentos e cerca de 300 cirurgias em 2012 – sem contar as inúmeras viagens pagas pela Prefeitura de Iguatu onde ambulâncias levam pacientes mais graves para os municípios de Barbalha, Juazeiro do Norte e Fortaleza.

Veículo exposto em praça da cidade

Veículo exposto em praça da cidade

A meta é reduzir o número de mortos e inválidos e dar mais paz ao trânsito de Iguatu combatendo o excesso de velocidade, alcoolismo e a imprudência. São várias ações destinadas a educação de trânsito, fiscalização que envolverão melhorias na sinalização e sistema viário, uso de bafômetro por parte do Demutran, uso correto do capacete e implementação da CNH Popular. Tudo isso em parceira com a iniciativa privada, CDL, Maçonaria, Lions e vários empresários da região.

Como parte da programação, diversas praças da cidade estarão expondo veículos e motos acidentados para chamar a atenção da população para a gravidade dos acidentes resultantes da falta de educação de trânsito.



Motociclista desde os 18 anos. Jornalista e apaixonado por motos desde que nasceu.