motogp-7

Imbatível, Márquez vence novamente em Austin pela MotoGP

Mais uma corrida em Austin, e mais uma vitória para Marc Márquez (93, Repsol Honda Team) no GP das Américas. O piloto espanhol obteve sua quinta vitória consecutiva no traçado neste final de semana e, com os 25 pontos, saltou para a terceira colocação na classificação da temporada 2017 da MotoGP. Valentino Rossi (46, Yamaha Movistar MotoGP), em uma nova demonstração de vigor físico e mental aos 38 anos, conquistou o segundo lugar, o que lhe garantiu a liderança na tabela. Em um grande dia, Dani Pedrosa (26, Repsol Honda Team) foi o terceiro.

Desde que Marc Márquez chegou ao GP das Américas, ninguém mais soube o que é vencer pela MotoGP em Austin

Desde que Marc Márquez chegou ao GP das Américas, ninguém mais soube o que é vencer pela MotoGP em Austin

Márquez obteve a pole, mas logo na largada fora surpreendido pelo colega de equipe, Dani Pedrosa, que furou o pelotão e saltou em sua frente. A partir daí, até o final da corrida, o que vimos foi uma atuação surpreendente de Daniel, e um desempenho acima da média da equipe Honda, que dominou a prova até suas últimas voltas. Infelizmente, ainda não foi desta vez que vimos um duelo entre Márquez e Maverick Viñales (25, MOvistar Yamaha MotoGP), pois se nas duas corridas anteriores o atual campeão mundial havia sofrido quedas, desta vez foi o piloto da moto azul quem abandonou a prova logo nas primeiras voltas, ao perder a dianteira de sua moto em uma curva. Mesmo com a queda, Viñales é o segundo na classificação parcial da temporada.

Depois de ótima largada, Dani Pedrosa tomou a ponta e passou a fazer grandes embates, tanto com Márquez quanto com Rossi

Depois de ótima largada, Dani Pedrosa tomou a ponta e passou a fazer grandes embates, tanto com Márquez quanto com Rossi

Como era de se esperar, Dani não conseguiu manter-se a frente do ‘sheriff’ Márquez o tempo todo, mas o fez por mais de meia prova. Assim que Marc furou o bloqueio do colega de equipe, partiu em disparada cravando uma série de voltas mais rápidas até receber a bandeirada, com larga vantagem para os demais. Coube a Pedrosa gladiar, então, com Rossi pelo segundo posto, e assim o fez bravamente até três voltas para o final, quando o italiano o deixou para trás. Rossi sofreu punição de 0.3 segundos por ter atalhado uma curva ao disputar posição com Johann Zarco (5, Monster Yamaha Tech3), mas mesmo com o tempo adicionado à seu resultado final manteve-se no segundo posto.

Depois de vencer duas consecutivas, Viñales falha. Maverick cai, Márquez vence e Rossi é o segundo na passagem da MotoGP por Austin

Depois de vencer duas consecutivas, Viñales falha. Maverick cai, Márquez vence e Rossi é o segundo na passagem da MotoGP por Austin

Lorenzo e seu desempenho modesto na MotoGP

Vista do alto, a prova era assistida em embates 2 a 2. Márquez voava sozinho na ponta, com Pedrosa e Rossi colados disputando o segundo lugar. Logo atrás, Zarco e Cal Crutchlow (35, LCR Honda) brigavam intensamente pelo quarto posto e, mais atrás, Andrea Iannone (29, Team Suzuki Ecstar) pressionava a Ducati de Jorge Lorenzo (99, Ducati Team) para roubar sua sétima colocação. Além de Iannone, Andrea Dovizioso (4, Ducati Team) e Danilo Petrucci (9, OCTO Pramac Racing) também passaram o tricampeão, e por muito pouco Jack Miller (43, EG 0,0 Marc VDS) também não o fez.

Classificação da temporada

Classificação da temporada

Resultado do GP das Américas

Resultado do GP das Américas

Com o terceiro resultado modesto – em três provas disputadas – Lorenzo soma até aqui apenas 12 pontos, o que o mantém na 13ª colocação. Na primeira prova da temporada, disputada no Qatar, Lorenzo foi o 11º colocado, e na seguinte, na Argentina, ficou com o 15º posto. Na mesma maré da azar está a equipe oficial da KTM, a Red Bull KTM Factory Team, que somou apenas três pontos até aqui, somando o resultado de seus dois pilotos, Pol Espargaro e Bradley Smith. Em Austin, Espargaro caiu depois de completar 12 voltas e Smith obteve o 16º lugar, o penúltimo posto.

Morbidelli vence na Moto2. Fenati é o melhor na Moto3

Franco Morbidelli vence a terceira prova consecutiva pela Moto2 e dispara na liderança da temporada, com 75 pontos. Em Austin, Thomas Luthi foi o segundo colocado, e Takaaki Nakagami, o terceiro. Com o resultado, Luthi é o segundo na classificação parcial, com 56 pontos, seguido do português Miguel Oliveira, com 43 pontos. Pela Moto3, vitória de Romano Fenati no GP das Jorge Martin chegando em segundo e Fabio Di Giannantonio cruzando em terceiro. Com o resultado, Joan Mir segue líder, com 58 pontos, seguido por Martin, com 52, e John Mcphee, com 49 pontos.

O português Miguel Oliveira é o terceiro colocado no Mundial de Moto2. No topo está Franco Morbidelli, que venceu as três provas até aqui

O português Miguel Oliveira é o terceiro colocado no Mundial de Moto2. No topo está Franco Morbidelli, que venceu as três provas até aqui

 

Separador_MotoGPCopyright by Dorna



Jornalista gaúcho convicto de que um passeio de moto em um dia de sol é a cura para praticamente todos os males da vida. Fã de motoaventurismo, competições de moto, café, praia e de rock n roll.