Impostômetro da ACSP vai marcar 600 bilhôes pagos em impostos pelos brasileiros em 2008

O Impostômetro da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) vai marcar amanhã (sábado), dia 02 de agosto, próximo das 9h45, R$ 600 bilhões arrecadados em impostos municipais, estaduais e federais pagos pelos brasileiros desde 1º de janeiro deste ano. Em 2007 este valor só foi alcançado 34 dias mais tarde, em 04 de setembro.

Para o presidente da ACSP, Alencar Burti, a prática está mostrando que é absurdo pensar em criar, ou recriar, novos impostos, como a CSS (Contribuição Social para Saúde). “A arrecadação está crescendo além do esperado, o suficiente, inclusive, para repor com folga o dinheiro que era obtido com a CPMF”, disse.

Para Burti, o governo deveria aproveitar esse momento para cortar seus gastos e reduzir a carga tributária que impede o desenvolvimento das micro, pequenas e médias empresas, “responsáveis pela geração de empregos e renda no País”.

A estimativa da ACSP é que o impostômetro ultrapasse, pela primeira vez, a marca de R$ 1 trilhão até o fim de 2008. Em 2007 foram marcados R$ 921 bilhões; em 2006, R$ 812,7

bilhões; e em 2005, ano da inauguração do painel, R$ 731,8 bilhões.

O impostômetro está instalado no prédio da ACSP, na rua Boa Vista, Centro, ou na internet, no endereço: www.impostometro.com.br.