Scout Bobber

Indian passa a importar moto dos EUA e mostra nova Scout Bobber

Mais do que apresentar novos modelos de sua linha Dark Horse, a Indian aproveitou o Salão Duas Rodas (que ocorre esta semana em São Paulo) para falar sobre sua estratégia de venda e produção de motos no Brasil. Em uma ação agressiva e pronta para encarar a crise que assombrava o país na época, a marca chegou em 2015 já montando suas motocicletas no País (na fábrica da Dafra, em Manaus). Contudo, a recessão no setor a uma mudança nos planos: o início das importações.

A Indian chegou ao Brasil nadando contra a maré da crise econômica, em 2015. Porém, vendas abaixo da expectativa inicial levam a marca a cessar a montagem de motos no Brasil e iniciar importação dos Estados Unidos

A Indian chegou ao Brasil nadando contra a maré da crise econômica, em 2015. Porém, vendas abaixo da expectativa inicial levam a marca a cessar a montagem de motos no Brasil e iniciar importação dos Estados Unidos

Segundo Rodrigo Lourenço, diretor geral da Indian na América do Sul, a produção na fábrica nacional cessou em maio deste ano e desde então as concessionárias tem vendido apenas as motos que já estavam fabricadas, subtraindo do estoque. A linha 2018, que aterrissa nas lojas a partir de agora, já chega com o selo ‘made in Spirit Lake, Iowa, USA’. Ou seja, a Indian cessa temporariamente sua montagem de motos no Brasil e passa a importa-las dos Estados Unidos. Isso adia o projeto de expansão da marca no Brasil, hoje com concessionárias em cinco estados e com o objetivo de crescer para outras regiões, como Brasília, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Indian lança Scout Bobber e família Dark Horse, com Chief e Chieftain

Os destaques no stand da marca no Salão são a nova família Dark House, que abusa do preto fosco em detalhes da Chief e Chieftain, e também a Scout Bobber, principal aposta do lineup 2018. Além disso, entre as novidades também estão a evolução na suspensão e inclusão do assento de garupa de série na Indian Scout, uma nova versão da Indian Chief com pintura na cor Cinza “Steel Grey” e a inclusão do sistema de lampejador de farol em toda a linha “Heavyweight” (denominação dada aos modelos equipados com o motor de 1811 cilindradas). Também há dois anos de garantia de fábrica sem limite de quilometragem.

Scout Bobber

Scout Bobber

Scout Bobber

Scout Bobber

Scout Bobber

Scout Bobber

Scout Bobber

Scout Bobber

Scout Bobber

Scout Bobber

Scout Bobber

Scout Bobber

Com design minimalista, a Scout Bobber chega com uma série de pequenas mudanças que vão desde as tampas do motor, agora em preto fosco, ao guidão mais plano e largo para tornar a posição de pilotagem mais esportiva. Para-lamas curto na dianteira e traseira deixam as rodas mais expostas, reforçando o estilo Bobber, assim como como os pneus de uso misto. O motor é um V-Twin de 1133 cc de refrigeração líquida e transmissão de seis velocidades, que promete esportividade, além de agilidade, força em baixa e elasticidade. A Scout Bobber estará disponível nas cores com acabamento fosco: preto, prata e bronze (Black Smoke, Silver Smoke e Bronze Smoke), além do vermelho Indian Motorcycle Red.

Preços sugeridos: Black Smoke, R$ 49.990; demais core, R$ 51.990.

Chief Dark Horse

Chief Dark Horse

Chief Dark Horse

Chief Dark Horse

Chief Dark Horse

Chief Dark Horse

Chief Dark Horse

Chief Dark Horse

Chief Dark Horse

Chief Dark Horse

A Chief Dark Horse traz a predominância do preto fosco e a redução dos cromados para conferir um design mais agressivo e moderno, com elegância e estilo. A mudança nas cores não se limita à pintura, também integrando painel com fundo preto, piscas com acabamento fosco, rodas de alumínio preto brilhante e o logo em cinza no tanque. Esta é a exclusividade da linha Dark Horse. Equipada com o motor VTwin Thunder Stroke 111 de 1811cc, o modelo possui transmissão de seis velocidades, chassi em alumínio forjado, sistema de partida sem chave, cruise control e lampejador de farol.

Preço sugerido: apenas na cor Black Smoke (preto fosco), R$ 69.990

Chieftain Dark Horse

Chieftain Dark Horse

Chieftain Dark Horse

Chieftain Dark Horse

Chieftain Dark Horse

Chieftain Dark Horse

Chieftain Dark Horse

Chieftain Dark Horse

Chieftain Dark Horse

Chieftain Dark Horse

A estradeira da Indian também entrou na onda do preto fosco, gerando a Chieftain Dark Horse. O tom fosco no escudo frontal e nos alforjes atribui um visual mais atual e elegante. Outra mudança está no para-lamas dianteiro aberto que mantém a roda mais exposta e com um aspecto mais leve, além de destacar as novas rodas aro 19 com dez raios e acabamento preto brilhante. Assim como a Chief, a Chieftain Dark Horse está equipada com o motor VTwin Thunder Stroke 111 de 1811cc e câmbio de 6 marchas, além de contar com sistema de partida sem chave, cruise control, lampejador de farol, para-brisa elétrico, monitoramento de pressão dos pneus, alarme imobilizador, sistema de áudio de 100 watts e travas elétricas dos alforjes por controle remoto. Na lista de equipamentos, o funcional sistema Ride Command: display de 7 polegadas touchscreen, tela de alta resolução e sensível à luva, sistema de navegação, Bluetooth, entrada USB e 8 telas para personalização de informações.

Preço sugerido: apenas na cor Black Smoke (preto fosco), R$ 94.990

Separador_motos



Jornalista gaúcho convicto de que um passeio de moto em um dia de sol é a cura para praticamente todos os males da vida. Fã de motoaventurismo, competições de moto, café, praia e de rock n roll.