IMG_6199

Indian Scout customizada com estilo clássico

Em uma de suas criações o artista Celio Dobrucki uniu dois mundos, aproximando a contemporaneidade da customização ao estilo clássico de motocicletas icônicas. A tela que recebeu a pintura? Uma Indian Scout.

A moto é nova e moderna, com motor V-Twin com refrigeração líquida, escapamento duplo de fluxo cruzado, caixa de câmbio com embreagem banhada a óleo e injeção eletrônica em circuito fechado, e recebeu nova roupagem mantendo o estilo Indian Motorcycle das primeiras décadas do Século XX, que geralmente tinham pintura em vermelho e dourado e faixas brancas nos pneus.

Então o artista pintou sua obra. A Indian recebeu lataria revestida em tinta vermelha, com detalhes em dourado e traços finos, e escapamento e pisca da marca Drag Specialties. Para complementar, também foram adotados acessórios de fabricação própria da Celio Motorcycles como guidão, manopla, alforje e detalhes em couro feitos a mão. “Me senti muito realizado por customizar uma moto que é considerada uma lenda no mundo duas rodas”, descreve Celio Dobrucki, que customizou uma Indian Scout pela primeira vez.

 

Imponência

Imponência

Customização ressaltou o porte da motocicleta

Tecnologia mecânica

Tecnologia mecânica

A mecânica do modelo é moderna. Motor, de 1.133cc, ficou ainda mais destacado com a customização

Moda da casa

Moda da casa

Visual foi inspirado nas motos da marca das primeiras décadas do Século XX

Feito à mão

Feito à mão

Itens em couro, como o banco, foram costurados à mão

'Cacique'

'Cacique'

No taque chama a atenção o grande logo

Detalhe

Detalhe

Sobre o farol, quase escondido, um pequeno logo da marca norte-americana

Lanterna

Lanterna

Na traseira, mais detalhes

Alforges

Alforges

Mais um toque do artista Celio Dobruki, afinal, originalmente neste espaço havia apenas o paralama

Escapamento

Escapamento

Para amplificar o berro do motor, escapamentos foram modificados

Cores clássicas

Cores clássicas

A pintura vermelha com detalhes em dourado remete às antigas Indians dos anos 1910 e 1920

A moto está em exposição e à venda em Curitiba, no América Motorcycles, empresa especializada em customização de motos. Mais informações no fone 41 3022-1291. Em fevereiro deste ano, Motonline teve a oportunidade de colocar a nova Scout (idêntica a usada na customização) na pista para testes, junto de suas irmãs Chief Classic e Chief Vintage. O resultado você pode conferir aqui.

Indian Scout e recordes de velocidade

E aí, curtiu a motoca? Gosta do modelo? E de números? Em 1967 uma Indian Scout fabricada em 1920 era pilotada por um senhor de 68 anos quando bateu o recorde de velocidade para sua categoria (até 1000cc), atingindo oficialmente 295,45 km/h (no classificatório foram 305,89 km/h, em uma moto que não ultrapassava 89 km/h quando original). A história virou filme, mostrando o carisma do piloto neozelandês Burt Munro e sua determinação em fazer a veterana Indian ser a moto mais rápida não só do deserto de sal de Beneville, onde o recorde foi estabelecido, mas de todo o mundo. O filme chama-se Desafiando os Limites (The world’s fastest Indian, no original), foi dirigido por Roger Donaldson, e lançado em 2005. Quem interpreta Burt é o ator britânico Anthony Hopkins.

Burt Munro

Burt Munro

Burt bateu recorde quando tinha quase 70 anos de idade. Foto: Pinterest/Google

Anos de oficina...

Anos de oficina...

Foi o próprio neozelandês quem modificou sua moto. Foto: Dieselpunks.org/Google

Recordes sobre o sal

Recordes sobre o sal

O local escolhido para quebrar o recorde foi um deserto de sal nos Estados Unidos, em Utah. Foto: Dieselpunks.org/Google

 

Separador_motos



Jornalista gaúcho convicto de que um passeio de moto em um dia de sol é a cura para praticamente todos os males da vida. Fã de motoaventurismo, competições de moto, café, praia e de rock n roll.