Indústria de Motocicletas Apresenta Balanço de Abril

Indústria de Motocicletas Apresenta Balanço de Abril

Indústria de Motocicletas Apresenta Balanço de Abril

Ações do Governo mantiveram o mercado aquecido e otimista para retomada do crescimento

Após a implantação das medidas de incentivo do Governo Federal, como a isenção da taxa da COFINS, o setor de duas rodas apresentou incremento. Segundo dados da Abraciclo – Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares – em abril 152.064 unidades foram vendidas, 26,2% a mais do que em março. No entanto, este volume ainda é 16,2% inferior ao total comercializado no mesmo mês de 2008.

Com o registro de 130.902 motocicletas, a produção também acompanhou a melhora, mas apresentou apenas 3,6% de aumento em relação a março, quando 126.295 unidades saíram das linhas de montagem do Pólo Industrial de Manaus. No comparativo entre os meses de abril de 2008 e 2009, a queda é de 31,4%.

De acordo com Paulo Shuiti Takeuchi, presidente da Abraciclo, as medidas do Governo mantiveram o mercado aquecido e otimista para uma retomada no crescimento. “Ainda não se pode comemorar os resultados, mas os números provam que o consumidor continua buscando o melhor custo-benefício para mobilidade e transporte”, afirma.

Exportações – As vendas para o mercado externo apresentaram queda de 68% comparado aos números de março. As 2.452 motocicletas exportadas este mês ainda representaram queda de 79,3% em relação às unidades comercializadas em abril de 2008.