Indústria de Motocicletas Mantém Crescimento em Maio

Indústria de Motocicletas Mantém Crescimento em Maio

Indústria de Motocicletas Mantém Crescimento em Maio

Os primeiros cinco meses de 2008 confirmam o desempenho previsto para o setor de duas rodas, demonstrando a constância nas vendas e consolidação da motocicleta e da bicicleta como meios adequados à nossa realidade

A indústria brasileira de motocicletas manteve em maio o ritmo de crescimento verificado desde o início de 2008 e fechou o mês com 186.645 unidades produzidas. Apesar da diminuição de 4,2% sobre as vendas do mês de abril, que teve 21 dias úteis, em maio foram vendidas 173.889 motocicletas, em 19 dias úteis. Quando comparados números da média diária de vendas, o crescimento de maio sobre o mês anterior foi de 5,9%, segundo dados da Abraciclo, Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares.

No comparativo entre os meses de maio de 2007 e 2008, também houve crescimento, da ordem de 24,2% nas vendas e de 20,8% na produção. — Os números registrados não sinalizam tendência de queda da produção e de vendas para os próximos meses. Pelo contrário, apontam para um aumento continuado para os próximos meses, confirmando as previsões do setor feitas já em 2007–, disse Paulo Shuiti Takeuchi, presidente reeleito da Abraciclo.

De janeiro a maio de 2008 foram produzidas 917.639 motocicletas, um acréscimo de 24,8% se comparado ao mesmo período do ano passado. As vendas também mantiveram crescimento e apresentaram de janeiro a maio, 28,6% de incremento no atacado, se comparado aos mesmos meses de 2007.

Ainda segundo o presidente da entidade, os números continuam demonstrando a alta aceitação da motocicleta como alternativa de locomoção. — Estes dados nos incentivam ainda mais a continuar atuando fortemente pelo setor no país, além de promover e incentivar à utilização dos veículos de duas rodas como meio de transporte real e legítimo pela população brasileira–, completa Takeuchi.

Exportações – Com o real forte frente ao dólar, as exportações de motocicletas apresentaram queda. Em maio, 9.494 motocicletas foram exportadas, número 19,7% inferior ao do mês passado, quando 11.818 unidades foram comercializadas no mercado externo.

No entanto, na comparação do volume de exportações registrado em maio deste ano em relação a 2007, o número é superior. No ano passado foram exportadas 7.887 motocicletas, o que significa aumento da ordem de 20,4% do volume exportado em maio.

O Sucesso Do Moto Check Up – No decorrer do mês de maio a Abraciclo realizou um evento destinado aos usuários de motocicletas onde todos podiam fazer verificações no estado de manutenção de seus veículos, ganhar brindes, assistir a uma aula de pilotagem com segurança e ter seus capacetes verificados por técnicos. Mais de 700 motociclistas compareceram ao local, chegando a formar filas, em busca de apoio e orientação.

Segundo o presidente da entidade, esta ação deverá ser realizada com mais freqüência, pois colocou em evidência a carência que os usuários de veículos de duas rodas têm de ajuda educacional. — A realização constante e de forma ampliada deste evento poderá auxiliar a todos que não tem acesso a atividades educativas. Em pouco tempo poderá surtir bons efeitos entre os que utilizam a motocicleta para trabalho– , concluiu Paulo S. Takeuchi, animado com a perspectiva de novas ações semelhantes. Para o presidente da entidade este será o ano de grandes realizações da Abraciclo em prol da educação no trânsito.