Foto: Inje‡Æo eletr“nica na YBR 125

Injeção, segurança, gravidade, rebaixada, pilotagem etc

Foto: Inje‡Æo eletr“nica na YBR 125

Foto: Inje‡Æo eletr“nica na YBR 125

NÆo existe OBRIGATORIEDADE de as motos serem injetadas em 2009, mas sim a POSSIBILIDADE! Se as f bricas conseguirem os mesmos n¡veis de emissäes exigidos com carburador nÆo ser  necess rio usar i.e. Caro Professor Tite, baseado nesta resposta que vocˆ deu para o leitor Allison de Guariba PB, com rela‡Æo aos n¡veis de emissÆo, tudo bem, mas e com rela‡Æo, a economia? As motos injetadas nÆo sÆo mais econ“micas que as carburadas? Se sim,acho que al‚m de melhorar os n¡veis de emissÆo nossas motos tamb‚m deveriam ser mais econ“micas, e por isso, serem sim, todas injetadas a partir de 2009. Concorda?
Jos‚ – Mogi Mirim, SP

R: Depende do tipo de motor. Um motor pequeno arrefecido a ar nÆo ficaria tÆo mais econ“mico assim. A maior diferen‡a se d  nos motores de refrigera‡Æo l¡quida de maior volume.

Seguran‡a
Tite, estava olhando o site www.motoseguranca.com.br e adorei achei uma ecelente id‚ia e aprendi muitas coisas que ignorava ou fazia errado sem saber, mas achei estranho uma das dicas que era de nunca parar atr s de carros em sem foros para nÆo ser prensado entre um e outro, ali dizia para parar sempre na linha divis¢ria das faixas de trƒnsito (mÆo £nica) at‚ a linha de reten‡Æo, mas at‚ onde aprendi na auto-escola isso ‚ multa, o guarda poder  interpretar como se estivesse andando entre os carros. sem falar que na hora de arrancar alguns carros sempre querem arrancar junto e acabam apertando a moto. Adorei o site, uma bel¡ssima iniciativa. Abra‡os e parab‚ns pelo texto dos trˆs minutos!
Guilherme – Cachoeirinha, RS

Gravidade
Estou escrevendo porque vocˆ falou que podia. Estou longe de ser expert em pilotagem, mas sei um pouco de f¡sica. Um corpo gira em torno de seu centro de gravidade. Um motociclista de trail fica em p‚ para transferir o centro de gravidade para a dianteira da moto pois o impacto maior ‚ na roda dianteira, desta forma ele diminui o momento fletor encurtando a distƒncia entre o ponto de a‡Æo da for‡a e o centro de gravidade do objeto (moto+piloto). Quando a “porrada” ‚ na roda traseira o ideal seria vocˆ recuar o seu peso para tr s pelo mesmo motivo. Ficando em p‚ vocˆ consegue transferir o seu peso para frente e para tr s com mais eficiˆncia. Na curva vale o mesmo princ¡pio. Vocˆ diminui a distƒncia entre o ponto de a‡Æo da for‡a centr¡peta (os pneus) e o centro de gravidade do objeto se inclinando para o chÆo. O ideal seria o piloto encostar o ombro no chÆo no momento da curva e sentar no guidom para atenuar o tranco do trail, mas tem que se lembrar que os pneus tem que aguentar e vocˆ ainda tem que manter o controle da m quina.
Leonardo – Vit¢ria, ES
Tio Tite, meu ¡dolo, vim explicar sobre o centro de gravidade tÆo discutido.  o seguinte: o centro gravitacional do conjunto realmente abaixa quando o piloto fica de p‚. Entretanto o conjunto fica sim mais est vel. Como? Simples: quando o piloto levanta, apesar de elevar o centro gravitacional, ele deixa o corpo mais flexivel para contra balancar com o seu centro gravitacional o centro da moto mantendo o conjunto mais est vel. Vejam: se em uma moto parada em equilibrio na vertical tiver um piloto sentado e em outra estiver um piloto de p‚ (que nÆo contra balancem o centro da moto quando esta inclinar – tipo uma est tua) a que desequilibra com menor inclina‡Æo ‚ a q o cara ta em p‚ porque o centro do conjunto est  mais alto. Sacaram? Todos estavam certos no conceito de que quanto mais alto o objeto mais alto o centro gravitacional!
Carlos – Curitiba, Pr

R: PÆts, e eu que pensava que centro gravitacional era uma maternidade esp¡rita!

Rebaixada
Tenho uma XT660r e gostaria de saber se eu der uma abaixada nela fica melhor para andar em alta velocidade (160 ou 170 Km/h). Talvez colocar um aro menor na frente. Na verdade esta ‚ a £nica reclama‡Æo que tenho desta moto, a partir dos 150 ele come‡a balan‡ar e perco o controle o que posso fazer para melhorar isso e talvez at‚ ganhar um pouco de final?
Armando – Bauru-SP

R: Abaixar cerca de 2 cm j  melhora bastante. Se trocar de aro a¡ vai melhorar ainda mais. NÆo damos receita de performance.

Pilotagem
Tite, tenho uma DT200R supermotard e estou sentindo a necessidade de uma maior estabilidade em curvas (guidon leve demais, dando instabilidade nas entradas de curva e durante) ser  que um amortecedor de guidon ‚ o caminho ? Qual coloco ? Um amigo, que corre na 250cc, me sugeriu um de R1 (sem regulagem) o que o acha Tite ? Sei que tem algumas cuisas que influem nisso, como pressÆo dos pneus sua qualidade, amortecedores Originais! Considere tudo estando em “harmonia”! Obs: Fa‡o as curvas com a tecnica de motovelocidade (com a racha do c* na lateral do banco, ponta de p‚ na pedaleira e sem tirar o p‚ dela, etc e etc! Fiz um curso com X e treino para aprimorar a mesma (s¢ pra vocˆ saber qual estilo ‚ o meu sera que o amortecedor ajuda?)
Fabio – SÆo Caetano do Sul

R: Primeiro toma um pedala no meio da zoreia por ter feito curso com o concorrente! Esquece o amortecedor de dire‡Æo nessa moto. Experimente entrar mais devagar e inclinar menos que j  melhora muito. Vc nem est  numa competi‡Æo! Pra que correr tanto?

Estouros
Tite, tenho uma YBR 125E com pouco mais de 1500 km rodados. e o escapamento as vezes na redu‡äes de acelera‡Æo costuma dar uns sopros e casos em que vou levando um pouco mais de peso tipo garupa solta tiros. O que seria a causa desse problema? carburador desregulado ou falha el‚trica, sem esquecer que a moto ‚ novinha em folha.
carlos – Ic¢ – CE

R: Se nÆo for a gasolina de baixa qualidade, pode ser que a carbura‡Æo esteja desregulada com excesso de gasolina.

Pneus
Tite possuo uma nx4 falcon so q troquei os aros originais pelos de aluminio X pretos com as mesmas medidas dos originais so q eu queria trocar os pneus por esportivos.Eu sei q no traseiro o da cb 500 da q ‚ 17.Mas no dianteiro q e 21 qual pneu esportivo q coloco?onde encontro?ou nÆo existe pneu esporte aro 21?obrigado
LUCAS – SÇO LUIS-MA

R: Nada feito, nÆo existe pneu esportivo de 21 polegadas. Ou troca a roda ou continua com os pneus de uso misto.

Preconceito
Sobre o coment rio do nosso amigo Tony de Recife, sinto muito pelo ocorrido. Sinto mesmo, ningu‚m deveria passar por isso. Por outro lado, as pessoas nÆo deveriam ter medo das motos. N¢s dever¡amos ter medo das autoridades e governantes que permitem que milhares de armas entrem ilegalmente pelo pa¡s, que permitem que os bandidos circulem livremente pela cidade, que permite que criminosos voltem para as ruas em pouco tempo, que permitem desigualdades sociais e por a¡ vai. Enfim, algu‚m em cima da moto ‚ o £ltimo elo de uma cadeia de coisas erradas. Garupa em motos deveria ser a £ltima preocupa‡Æo das autoridades.
Daniel – SÆo Paulo