Innovation Center da Goodyear, localizado em Akron, Ohio, local onde será desenvolvido o pneu que torna calibragem desnecessária.

Inovação da Goodyear pode tornar desnecessária a calibragem de pneus

Innovation Center da Goodyear, localizado em Akron, Ohio, local onde será desenvolvido o pneu que torna calibragem desnecessária.

Innovation Center da Goodyear, localizado em Akron, Ohio, local onde será desenvolvido o pneu que torna calibragem desnecessária.

A calibragem manual de pneus pode, em breve, tornar-se uma lembrança remota graças a uma inovação que está em desenvolvimento nos laboratórios da Goodyear Tire & Rubber Company .

Manter os pneus corretamente calibrados não apenas elimina a rotina de verificar a pressão de ar, como também pode significar uma economia real no consumo de combustível.

Para quem dirige um veículo de passageiros ou um caminhão comercial, pneus murchos resultam em uma queda entre 2,5% e 3,3% na quilometragem rodada por tanque de combustível, segundo pesquisas do governo americano e da indústria.  Em relação aos preços praticados hoje nos Estados Unidos, isso se traduz em cerca de 12 centavos de dólar por galão de combustível.

Pneus corretamente calibrados também resultam na menor emissão de gases geradores de efeito estufa, além de uma vida útil mais longa para os pneus, maior segurança e melhor desempenho dos veículos.

A Air Maintenance Technology (AMT) da Goodyear permitirá que os pneus permaneçam calibrados na pressão ideal sem a necessidade de qualquer bomba ou sistema eletrônico externo.  Todos os componentes do sistema AMT, incluindo uma bomba miniaturizada, estarão totalmente contidos no pneu.

“Ainda que a tecnologia seja complexa, a ideia por trás do sistema AMT é relativamente simples e alimentada pelo próprio pneu quando em movimento”, afirma Jean-Claude Kihn, vice-presidente sênior e Chief Technical Officer da Goodyear. 

“Um pneu que pode manter sua própria calibragem é algo que os motoristas esperaram por muitos anos. A Goodyear assumiu esse desafio e os resultados obtidos são muito encorajadores”, completa Kihn.  “As pessoas vão se perguntar como viveram sem esse tipo de avanço tecnológico até agora”.

A Goodyear não revela uma estimativa sobre quando essa tecnologia estará disponível aos consumidores, mas reforça que o cronograma deve ser acelerado em função dos recentes subsídios governamentais de pesquisa conquistados nos Estados Unidos e na União Européia.

O Setor de Tecnologia de Veículos do Departamento de Energia dos Estados Unidos anunciou na quarta-feira (10 de agosto) um subsídio de US$ 1,5 milhão para pesquisa, desenvolvimento e demonstração do sistema AMT para pneus de caminhões comerciais. O valor será administrado pelo Laboratório Nacional de Tecnologia para Energia e os trabalhos serão realizados no Centro de Inovação da Goodyear em Akron, Ohio (EUA).

Em julho, a Goodyear recebeu um subsídio do governo de Luxemburgo para pesquisa e desenvolvimento de um sistema AMT para pneus de consumo.  Esse trabalho será realizado no Centro de Inovação da Goodyear em Colmar-Berg, Luxemburgo. 

“Ainda que sejam similares no conceito, existem diferenças significativas nos sistemas AMT para pneus de consumo e comerciais”, destaca Kihn.  “O apoio tanto do governo dos Estados Unidos quanto de Luxemburgo ressalta o valor desses projetos e os vários benefícios que podem oferecer aos motoristas de todo o mundo”.

Além disso, o Setor de Tecnologia de Veículos do Departamento de Energia dos Estados Unidos também anunciou que oferecerá um subsídio de US$ 1,5 milhão para um projeto conjunto entre a PPG Industries e a Goodyear para aprimorar a resistência dos pneus ao rolamento e a eficiência no consumo de combustível.  O objetivo do projeto é aumentar a eficiência média de consumo das frotas de veículos de passageiros por meio do uso de novas tecnologias para a banda de rodagem e o revestimento interno. 

“Tecnologias avançadas que são invisíveis ao olho humano – como as que estamos trabalhando em conjunto com a PPG – ajudarão a aumentar significativamente a eficiência dos pneus em termos de consumo de combustível, mantendo outras importantes qualidades como a tração e a vida útil da banda de rodagem”, afirma Kihn.A Goodyear é uma das maiores empresas de pneus do mundo.  Emprega cerca de 73.000 pessoas e fabrica seus produtos em 54 instalações localizadas em 22 países.  Seus dois Centros de Inovação em Akron, Ohio (EUA) e Colmar-Berg, Luxemburgo se empenham em desenvolver produtos e serviços de última geração que definem padrões tecnológicos e de desempenho na indústria. Para obter mais informações sobre a Goodyear e seus produtos, visite www.goodyear.com.

Foco na sustentabilidade
Para a Goodyear, o processo de geração de riquezas concretiza-se sem prejudicar a natureza ou a saúde e a segurança de seus colaboradores, clientes e comunidades onde a empresa está instalada. Sendo um “cidadão empresarial” global, socialmente responsável e consciente, a Goodyear trabalha no sentido de conduzir os seus negócios e as suas operações de acordo com os mais altos padrões legais e éticos. Assim, direciona esforços para contribuir com o desenvolvimento econômico e socioambiental, o que inclui aprimorar a qualidade de vida dos seus colaboradores e familiares, bem como da sociedade em geral.