Inspeção Veicular, Trabalho de Faculdade,  Que moto comprar?, FYM é o fim?

Inspeção Veicular, Trabalho de Faculdade, Que moto comprar?, FYM é o fim?

Inspeção Veicular, Trabalho de Faculdade,  Que moto comprar?, FYM é o fim?

Minha dúvida é referente a inspeção veicular de motos. Minha moto está registrada no Municipio de Ferraz de Vasconcelos – SP, porém rodo com ela em SP principalmente pela Marginal Tiete, no site da Controlar após digitar o Renavan eu recebo a mensagem de erro -RENAVAM não consta de nossa base de dados. Caso seu veículo seja cadastrado no município de São Paulo, favor entrar em contato (11) 3545-6868–No site da controlar informa que o Municipio de Ferraz pertence a Grande São Paulo e por isso deveria fazer a inspeção. Minha dúvida é eu devo ou não fazer a inspeção veicular da minha moto, mesmo que eu não vá transferi-la para o municipio de São Paulo este ano ? Obrigado pela ajuda e parabéns pelo site. Eduardo Almeida (26)São Paulo – SP

R: Eduardo a inspeção veicular só é válido para o município de São Paulo. Não confunda cidade de São Paulo, com Região Metropolitana de São Paulo que nada mais que do que uma extensão da Capital Paulista porque os 39 Municípios que formam a região fazem divisas um com os outros, num crescimento urbano contínuo, ou seja, exemplificando: muitas vezes você passa de uma cidade a outra sem perceber a divisa, como ocorre quando mudamos de um Estado para outro numa rodovia.

Inspeção Veicular, Trabalho de Faculdade,  Que moto comprar?, FYM é o fim?Estou fazendo um trabalho para minha faculdade e gostaria de saber qual o indice de acidentes de moto desse ano e dos ultimos três anos. Conseguimos separar os motoboys desse indice. Ex: 1 milhão de acidentes com motos, 900 mil eram motoboys e 100 mil eram motoqueiros, 300 mil foram acidentes fatais. Quero comparar com acidentes de transito e expurgar as motos, mostrando a ilusão da moto ser mais -perigosa- que os outros meios de transporte. Vocês conseguem me ajudar? Guilherme Bruno (24) São Paulo – SP

R: Guilherme o Brasil peca em não priorizar estatísticas. O IPEA tem um estudo que data do ano de 2006, mas já está devasado. Na época o índice de acidentes de motos representava 18% e todos os veículos que transitam no Brasil, mas, sinceramente, não sei se os dados são tão fidedignos, porque muitos dados são meras estimativas. É uma boa pesquisa para você aprimorar seus conhecimentos e nos ajudar com dados reais.

Senhores (as), A pouco tempo tenho acompanhado as avaliações que vocês fazem nas motos e, baseado nas outras publicações online que pesquiso, esta é sem dúvida uma das mais profissionais e coerentes que li. Estou interessado em comprar uma moto para passeio com minha esposa e queria uma moto que andasse bem, com boa posição de pilotagem e conforto para os dois. Uma superesportiva seria o maior interesse mas aí o conforto já era. Enfim, vi a avaliação de 2008 da DL1000 V-Strom e me interessei muito pela moto, mas acabei me deparando com o lançamento da Suzuki da DL650 V-Strom que parece ser a mesma moto com cilindrada menor. Vocês fizeram avaliação desta moto (650)? Existe a possibilidade de ser feito um comparativo custo/benefício entre as duas? Na prática, se compra por 34 mil uma 650 zero mas se acha motos DL1000 usadas e pouco rodadas por este preço. Considerando a desvalorização atual com modelos 0Km vale a pena procurar uma 1000 (daquelas que mais frequentou a garagem do primeiro dono que as estradas por aí) ou é melhor uma zero Km de cilindrada menor? Grato pela atenção de vocês!Abraços! Ricardo Rezende (30)São Paulo – SP

R: Ricardo não indicamos produto. Eu sou da opinião que moto 0Km é o ideal, já usada verifique a procedência, as vezes conversando com o proprietário atual, você percebe se a moto foi bem cuidada e amaciada como determina o manual do usuário. No mais, avalie o pós- vendas, preços de peças, preço de revisões .. etc… Não se esqueça que essa categoria está em franca expansão no Brasil, hoje há vários modelos como Honda Varadero, BMW F650GS, BMW F800GS, BMW R1200GS e Adventure, Yamaha TDM900,…enfim motos no mesmo estilo, com cilindradas diferentes, todas aptas para quem quer pegar estrada com conforto. Quanto ao teste da V-Strom 650, quando o representante da marca Suzuki nos emprestar, o teste será publicado.

Minha decepção com os representante da marca FYM Motos pois não respojndem os email dos seus clientes e tratam com maior descaso aqui no Rio de Janeiro ficamos sem autorizada e não sabemos a quem devemos nos dirigir pois eu acreditei e pensei que fosse uma empresa séria mas o que eu vejo eles vieram para fazer seus clientes de palhaço. Espero que esta seja publicada para que outras pessoas não seja iludida. Jairo da Silva Simões (53) Rio de Janeiro – RJ

R: Jairo, sinto lhe informar, mas também não nos respondem. Será o fim? O canal está aberto para resposta da fabricante.

Grande abraço e não esqueçam: não há razão quando se ganha uma lesão. Pilote equipado e defensivamente.